Mercado fechará em 6 h 59 min
  • BOVESPA

    95.368,76
    -4.236,78 (-4,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.393,71
    -607,60 (-1,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    35,90
    -1,49 (-3,99%)
     
  • OURO

    1.875,30
    -3,90 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    13.084,48
    -78,91 (-0,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    258,67
    -14,02 (-5,14%)
     
  • S&P500

    3.271,03
    -119,65 (-3,53%)
     
  • DOW JONES

    26.519,95
    -943,24 (-3,43%)
     
  • FTSE

    5.577,60
    -5,20 (-0,09%)
     
  • HANG SENG

    24.586,60
    -122,20 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    23.331,94
    -86,57 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    11.175,75
    +43,00 (+0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7097
    -0,0247 (-0,37%)
     

#Verificamos: É falso que Marisa Letícia deixou R$ 256,6 milhões em investimentos

Agência Lupa
·3 minutos de leitura
É falso que Marisa Letícia deixou R$ 256,6 milhões em investimentos - Foto: Reprodução
É falso que Marisa Letícia deixou R$ 256,6 milhões em investimentos - Foto: Reprodução

por CAROL MACÁRIO

Circula pelas redes sociais que Marisa Letícia Lula da Silva – mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que morreu em 2017 em decorrência de um acidente vascular cerebral – deixou mais de R$ 256 milhões em investimentos. Isso teria sido descoberto durante a realização do seu inventário. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

É falso que Marisa Letícia deixou R$ 256,6 milhões em investimentos - Foto: Reprodução
É falso que Marisa Letícia deixou R$ 256,6 milhões em investimentos - Foto: Reprodução

“Inventário de Marisa surpreende com investimentos que podem chegar a R$ 256,6 milhões”
Texto em imagem publicada em post do Facebook que, até às 13h30 de 29 de setembro de 2020, tinha 197 compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Marisa Letícia deixou um saldo de R$ 26,2 mil em uma conta no banco Bradesco, e não de R$ 256,6 milhões como sugere o post. O valor foi confirmado pelo juiz Carlos Henrique André Lisbôa, da 1ª Vara de Família e Sucessões de São Bernardo do Campo (SP), responsável pelo inventário e partilha dos bens da ex-primeira-dama.

Além do saldo no Bradesco, o patrimônio total declarado pelo casal Lula da Silva à Justiça é de R$ 12,3 milhões. Desse total, metade cabe a Marisa Letícia, ou seja, R$ 6 milhões. Dentre os bens estão carros, imóveis, cotas em empresas e contas bancárias, incluindo o saldo de R$ 26,2 mil citado em conta no Bradesco. As informações estão disponíveis no site do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

A peça de desinformação retira de contexto um pedido de esclarecimentos feito pelo juiz Carlos Henrique André Lisbôa no dia 6 de abril de 2020 sobre 2,5 milhões de unidades de Certificados de Depósito Bancário (CDB) emitidos pelo banco Bradesco. No documento, o juiz estimou que cada unidade de CDB equivalia a R$ 100, o que daria R$ 256.646.800,00. À época, os advogados da ex-primeira-dama manifestaram-se publicamente sobre o caso. Em nota no site do Instituto Lula, eles explicaram que “o despacho proferido em 6 de abril faz referência, por equívoco, a escrituras de debêntures [um tipo de título de crédito] que o próprio Juízo reconhece não ter relação com os bens a partilhar”.

De fato, um mês depois o próprio juiz publicou decisão corrigindo a quantia em saldo na conta do Bradesco de Marisa Letícia. Em razão de o processo de inventário dela não ter corrido em segredo de justiça, o pedido do juiz foi compartilhado por sites e perfis de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), incluindo o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos) e a atriz Regina Duarte, ex-secretária especial da cultura no governo federal.

Em nota enviada pelo WhatsApp, a assessoria de comunicação de Lula disse que a informação “é uma mentira comprovada, com fins políticos, contra uma pessoa que já faleceu”.

Em junho deste ano, a 1ª Vara de Família e Sucessões de São Bernardo do Campo (SP) aprovou a partilha de parte dos bens de Marisa Letícia no valor de R$ 1,46 milhão. Os quatro filhos dela com Lula foram autorizados a vender dois carros, um Ford Ranger e um Ômega, e a sacar valores de contas bancárias e aplicações. Também foi autorizada a divisão de cinco imóveis e a transferência de 50% das 98 mil cotas da empresa Lils Palestras e Eventos para os herdeiros. Outra parte do patrimônio da família segue bloqueada em razão de processos da Operação Lava Jato contra o ex-presidente.

Nota: esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes