Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    58.008,68
    -241,96 (-0,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Marinho é substituído e recusa cumprimento de Holan

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


Sobrando em campo e na classificação naquele momento, o técnico Ariel Holan tirou o atacante Marinho aos 21 minutos do 2º tempo, quando o jogo estava 2 a 1 para o Peixe. Só que o atacante não gostou.

Após deixar o campo, Marinho recusou cumprimentar o treinador argentino. Irritado, o atacante foi direto para o vestiário, mas segundos depois voltou para o banco de reservas, de onde assistiu até o final o confronto que acabou em 2 a 2.

Do banco, Marinho gritou bastante com os companheiros, incentivando o time. Só que com o treinador pouco, ou quase nada, de contato. Pelo menos foi isso que mostrou o SBT, canal que transmitiu a partida, toda hora que filmava o banco de reservas do Peixe.

Marinho fez contra o San Lorenzo seu segundo jogo nessa temporada. O jogador ficou um longo período sem jogar, primeiro devido uma lesão, depois por pegar a Covid-19.