Mercado fechará em 1 h 1 min
  • BOVESPA

    121.468,23
    -332,98 (-0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.147,84
    -47,59 (-0,09%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,04
    +0,89 (+1,31%)
     
  • OURO

    1.805,80
    -8,70 (-0,48%)
     
  • BTC-USD

    40.912,80
    +1.339,32 (+3,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.006,50
    +30,61 (+3,14%)
     
  • S&P500

    4.419,15
    +16,49 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    34.978,93
    +186,26 (+0,54%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.152,50
    +79,00 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1706
    +0,0523 (+0,85%)
     

Marfrig e Minerva retomam exportações na Argentina com limites após decisão do governo

·1 minuto de leitura
Carne bovina em frigorífico em San Fernando, Argentina

SÃO PAULO (Reuters) - A Marfrig Global Foods retomou parcialmente os embarques de carne bovina a partir das operações na Argentina, afirmou a companhia em nota nesta quinta-feira, após uma suspensão temporária do governo para baixar os preços locais.

As vendas externas da concorrente Minerva Foods, maior exportadora de carnes da América do Sul, também foram retomadas na Argentina, após um acordo com o governo, disse à Reuters uma fonte com conhecimento sobre o assunto na condição de anonimato.

"A Marfrig confirma a retomada parcial das exportações de carne bovina na Argentina, segundo o decreto presidencial 408/2021, anunciado nesta semana", disse a empresa.

Procurada, a Minerva não quis comentar.

Quinto maior exportador de carne bovina do mundo, e importante fornecedor para a China, a Argentina suspendeu as exportações em meados de maio para conter o rápido aumento dos preços domésticas dos alimentos.

Nesta terça-feira, o governo anunciou que os embarques seriam liberados, mas com limitações, no intuito de proteger o mercado local.

(Por Nayara Figueiredo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos