Mercado fechado

Marfrig amplia participação em frigorífico dos EUA

JÚLIA MOURA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Marfrig ampliou sua participação no mercado de carnes americano ao aumentar sua fatia na National Beef, quarto maior frigorífico dos Estados Unidos, de 51% para 81,73%. O negócio foi anunciado via fato relevante neste domingo (17). 

As ações foram compradas por US$ 860 milhões (R$ 3,6 bilhões) do banco americano Jefferies, que saiu do negócio. No Brasil, as ações da Marfrig dispararam com o negócio. Por volta das 16h13 desta segunda-feira (18), os papéis sovem 5%, a R$ 10,97, maior alta da Bolsa brasileira.

A National Beef já é controlada pela Marfrig desde abril de 2018, quando a companhia brasileira comprou 51% das ações em um negócio de US$ 969 milhões (R$ 3,3 bilhões à época). 

Com o ambiente de juros globais em queda, a Marfrig viu a oportunidade de aumentar sua 

Apesar do aumento do endividamento da Marfrig com o aumento da participação no frigorífico americano, a administração aposta no retorno com dividendos da National Beef, que deve balancear a alavancagem. A empresa também destaca o

"Não haverá qualquer alteração na atual administração da National Beef. A transação está sujeita aos consentimentos de praxe e deverá ser concluída ainda neste trimestre", afirmou a companhia via fato relevante.

A Marfrig é a segunda maior produtora de carne bovina do mundo, atrás de JBS, e vale R$ 6,8 bilhões.