Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.970,04
    -2.745,43 (-7,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Marcos Rocha e Willian, do Palmeiras, igualam recordistas e se tornam os brasileiros com mais títulos de Libertadores na História

·1 min de leitura

O título do Palmeiras na Libertadores não significou apenas um tricampeonato para o clube, mas também para Marcos Rocha e Willian. E recordes. Ao erguerem a taça em Montevidéu, após a vitória sobre o Flamengo, neste sábado, o lateral-direito e o atacante chegaram a três conquistas e se tornaram os brasleiros com mais títulos da competição na história — além dos dois conquistados com o Palmeiras, Marcos Rocha foi campeão com o Atlético-MG, em 2013, e Willian com o Corinthians, em 2012.

Com três conquistas de Libertadores, também estão Vítor, Ronaldo Luiz, Palhinha e Fabiano Eller. Vítor atuava como lateral-direito e conquistou a Libertadores por três clubes diferentes: São Paulo (1993), Cruzeiro (1997) e Vasco (1998). Aliás, o jogador poderia ter mais uma conquista contabilizada, mas apesar de fazer parte do elenco do São Paulo em 1992, ele não estava inscrito na competição.

Já o lateral-esquerdo Ronaldo Luiz foi bicampeão com o São Paulo e, mais tarde, também foi campeão com o Vasco. Quem também fez parte do bicampeonato do São Paulo foi o meia-atacante Palhinha que, posteriormente, conquistou mais uma Libertadores com o Cruzeiro.

O zagueiro Fabiano Eller, por sua vez, esteve presente na conquista de 1998 do Vasco antes de se tornar peça importante nas duas conquistas de Libertadores do Internacional, em 2006 e 2010.

Com o título, o Palmeiras garante vaga em duas competições para os próximos meses: o Mundial de Clubes, onde será o representante da América do Sul, e a Recopa Sul-Americana, onde enfrentará o Athletico, campeão da Copa Sul-Americana. As datas ainda não foram definidas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos