Mercado abrirá em 42 mins
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,38
    +0,89 (+1,26%)
     
  • OURO

    1.773,80
    -4,40 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    41.996,10
    -1.260,07 (-2,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.043,27
    -20,58 (-1,93%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.069,39
    +88,41 (+1,27%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.072,50
    +48,50 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1653
    -0,0138 (-0,22%)
     

Marcos Pontes cria programa para ‘trabalho do futuro’ e cita blockchain

·2 minuto de leitura
Ministro Marcos Pontes em discurso
Ministro Marcos Pontes em discurso

O Ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, criou um programa no Brasil chamado de “MCTI Futuro: Futuro do Trabalho, Trabalho do Futuro”, e cita até a tecnologia blockchain.

Em julho de 2021, o ministro Marcos Pontes já havia declarado que estuda várias tecnologias para melhorar a qualidade do setor de inovação. Vale o destaque que o ex-astronauta havia declarado que o país precisa de mais engenheiros técnicos para acelerar a transformação digital.

“A transformação digital está cada vez mais no dia a dia das pessoas e o trabalho nessa área é importante para todas as áreas dos setores público e privado.”

Agora, o programa definido pela Portaria MCTI n.º 5.156, de 30 de agosto de 2021, deixa claro que o ministério irá focar no desenvolvimento de várias soluções.

Novo programa assinado pelo Ministro Marcos Pontes cita blockchain

Nesta terça-feira (31) entrou em vigor o novo programa “MCTI Futuro: Futuro do Trabalho, Trabalho do Futuro”, que tem como foco o desenvolvimento de profissionais que contribuam com os avanços digitais do Brasil no setor.

O foco será o de “apoiar ações que objetivem ampliar o contingente de profissionais para atuar em ecossistemas digitais, em projetos de transformação digital e de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), e que, adicionalmente, contribuam para qualificar ou atrair talentos para empreender no campo das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)“.

Como objetivo principal, o programa pretende ajudar na capacitação de profissionais para atuação em projetos inovadores, parte fundamental desse processo.

Entre as ações para realizar esse amplo processo de inovação, estão a facilidade de acesso a mídias digitais nos ensinos, tanto para docentes quanto para estudantes. Além disso, há a intenção de facilitar a criação de projetos tecnológicos no Brasil, passo fundamental para empreender na Era Digital.

Os projetos analisados pelo novo programa deverão estar de acordo com a Portaria MCTI n.º 5.109, de 16 de agosto de 2021, que define as prioridades de inovação entre 2021 e 2023.

Assim, o novo programa assinado pelo Ministro Marcos Pontes prevê a capacitação em várias áreas, como a blockchain, por exemplo.

“Art. 3º O Programa apoiará a capacitação nas áreas de computação em nuvem, big data, inteligência analítica, mídias sociais, cybersegurança, internet das coisas, blockchain, robótica, inteligência artificial, aprendizado de máquina, tratamento de dados, classificação, regressão, experimentos e avaliação, […] entre outras áreas relevantes para a transformação digital.”

Até ações que impactam o ensino básico e médio poderão ser feitas

Para cumprir a proposta do novo programa, uma ampla campanha de impacto no setor de educação será realizada. Dessa forma, o ensino básico, médio, técnico, superior, entre outros mais, terão apoio para capacitação em transformação digital.

O novo programa que será coordenado pela Secretaria de Empreendedorismo e Inovação (SEMPI) do MCTI prevê até a parceria entre os setores públicos e privados. Especialistas nessas tecnologias poderão ser convidadas para debater sobre as inovações nessas áreas.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos