Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.906,54
    +574,87 (+1,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Marca Yahoo! ainda vale US$ 1,6 bilhão para fundador do SoftBank

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A marca Yahoo, que já foi um nome da Internet tão icônico quanto o Google, pode valer pouco para a geração Z, mais familiarizada com TikTok e Instagram. Mas ainda tem valor no Japão, onde a antes ilustre marca acabou de ser vendida por US$ 1,6 bilhão.

A Z Holdings, uma unidade do SoftBank, fundado por Masayoshi Son, fechou um acordo para comprar os direitos do nome Yahoo no Japão por 178,5 bilhões de ienes para substituir um licenciamento existente. O negócio segue a venda da divisão de mídia da Verizon Communications, cuja maior parte é a versão americana original do portal Yahoo, para a firma de private equity Apollo Global Management por US$ 5 bilhões.

O Yahoo! Inc. foi um dos primeiros grandes investimentos de Son, que montou uma participação de US$ 100 milhões em uma das startups originais da web em meados da década de 1990. O executivo posteriormente formou a joint venture Yahoo! Japan Corp., que com o passar dos anos se transformou na plataforma de tecnologia e comércio eletrônico Z Holdings, à medida que o Yahoo vendia seus principais ativos.

Embora a marca Yahoo tenha perdido popularidade na Internet de conteúdo em inglês, é parte vital do portfólio da Z Holdings, juntamente com o aplicativo de mensagens Line, a loja de comércio eletrônico de moda Zozo e a plataforma de pagamento móvel PayPay.

As marcas Yahoo estiveram entre quatro dos dez sites mais visitados no Japão em 2020, segundo pesquisa da Values. Só a página inicial do Yahoo Japão recebeu quase o mesmo número de usuários que o YouTube. O nome Yahoo é usado em aplicativos de previsão do tempo e mapas, portais financeiros usados por investidores novatos, uma marca de celulares de baixo custo administrada pela SoftBank e o Yahoo Auctions, o principal portal japonês semelhante ao EBay. No ano passado, a Z Holdings começou a migrar a marca Yahoo para PayPay em muitos de seus serviços financeiros, incluindo do cartão de crédito e seguros.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos