Mercado fechado

Marca 'Philadelphia' cria cream cheese à base de plantas

Philadelphia Cream Cheese é feito a partir de plantas. Foto: Divulgação.
Philadelphia Cream Cheese é feito a partir de plantas. Foto: Divulgação.
  • O Philadelphia Cream Cheese desenvolveu uma versão não láctea do alimento;

  • Produto à base de plantas já está sendo vendido em alguns mercados dos EUA;

  • A novidade vegana é feita com óleo de coco e proteína de fava.

O setor de produtos sem ingredientes de origem animal não para de crescer. Apenas no ano passado, as comidas à base de plantas teve um crescimento de 56% no Brasil, segundo a Nielsen Retail Index. Apostando no setor, o Philadelphia Cream Cheese criou uma versão não láctea do produto.

O cream cheese à base de plantas já está disponível em mercearias em Atlanta, Houston, Miami e outros locais no sudeste dos Estados Unidos.

“Os produtos à base de plantas ultrapassam as categorias gerais em todos os laticínios há algum tempo”, disse John Crawford, vice-presidente de insights de clientes para laticínios da IRI.

A novidade é feita com óleo de coco e proteína de fava, entre outros ingredientes, e foi projetado para imitar a experiência de comer cream cheese tradicional.

O produto tem um preço de varejo sugerido de US$ 6,49, em comparação com US$ 4,57 para o tradicional. O objetivo da fabricante é não apenas fazer com que os consumidores experimentem o produto, como também que voltem a consumir a criação.

A marca encontrou o desafio de fazer com que o produto derreta e se espalhe facilmente no pão torrado ou em um waffle quente para garantir que tenha o sabor de um produto lácteo.

“Obter notas lácteas em uma base vegetal é difícil”, disse Scott. No entanto, ele espera que os consumidores percebam notas amanteigadas na pasta.

“Para chegar à manteiga… essa é uma métrica de enorme sucesso”, disse o executivo, reconhecendo que o cream cheese sem leite “não combina com o sabor do produto existente”.