Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,91
    -0,14 (-0,19%)
     
  • OURO

    1.786,30
    +1,60 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    50.689,95
    -62,61 (-0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.308,70
    -12,58 (-0,95%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.731,53
    +275,93 (+0,97%)
     
  • NASDAQ

    16.357,00
    +39,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3429
    +0,0032 (+0,05%)
     

Marca brasileira de cosméticos é a mais forte do setor no mundo, diz pesquisa

·2 min de leitura
Top view of set of assorted tools and products for makeup application placed near shiny glitter on pink background
O Índice de Força da Marca é de 86,7 pontos, segundo pesquisa divulgada pela Brand Finance
  • Natura lidera ranking de marcas de cosméticos mais fortes do mundo

  • Já a marca mais valiosa do setor é a L'Oréal

  • Estudo foi feito pela Brand Finance

A Natura é a marca de cosméticos mais forte do mundo, de acordo com estudo divulgado pela Brand Finance. Para chegar à conclusão, foram analisados investimento em marketing, familiaridade com o cliente, satisfação da equipe e reputação corporativa. O Índice de Força da Marca (BSI) é de 86,7 pontos, e classificação “AAA”. As informações são do UOL. 

Leia também:

A capacidade de “se proteger do impacto negativo da pandemia devido ao risco diversificado de suas operações de negócios, que abrangem uma ampla variedade de produtos de banho, fragrância, corpo e maquiagem" e a visibilidade da empresa no Brasil e na América do Sul justificam o resultado. Governança, sustentabilidade e percepção dos funcionários estão entre as iniciativas que colocaram a Natura & Co (também detentora da Avon, Aesop e The Body Shop) nessa posição de destaque. 

Já a companhia mais valiosa do setor, segundo a pesquisa global, é a L'Oréal. Mesmo após perder 13% do valor de marca (de US$ 11,74 bilhões para US$ 10,22 bilhões), a francesa garante a liderança do ranking pelo segundo ano consecutivo. 

Impacto no mercado

Dados apresentados no relatório “Brand Finance Cosmetics 50 2021” apontam que a pandemia causou um impacto no mercado de cosméticos e empresas perderam valor e força em 2020 (mais de US$ 12 bilhões).

Annie Brown, da Brand Finance, relata em comunicado que mudanças no estilo de vida, incerteza financeira e avanço do comércio eletrônico forçaram as marcas a traçar novas estratégias e a encontrar novos caminhos.

Confira a lista das marcas mais valiosas do mundo:

  1. L'Oréal (França) - US$10,222 bilhões 

  2. Gillette (Estados Unidos) - US$ 7,550 bilhões

  3. Nivea (Alemanha) - US$ 6,192 bilhões

  4. Guerlain (França) - US$ 5,691 bilhões

  5. Estée Lauder (Estados Unidos) - US$ 5,687 bilhões

  6. Pantene (Estados Unidos) - US$ 5,189 bilhões

  7. Dove (Reino Unido) - US$ 5,094 bilhões

  8. Clinique (Estados Unidos) - US$ 5,005 bilhões

  9. Garnier (França) - US$ 4,094 bilhões

  10. Head & Shoulders (Estados Unidos) - US$ 4,013 bilhões 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos