Mercado abrirá em 1 h 20 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,63
    -1,02 (-1,20%)
     
  • OURO

    1.787,80
    -5,60 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    58.839,73
    -3.923,84 (-6,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.409,37
    -95,78 (-6,36%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.263,00
    -14,62 (-0,20%)
     
  • HANG SENG

    25.628,74
    -409,53 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    29.098,24
    -7,77 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.528,75
    -16,25 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4512
    -0,0029 (-0,04%)
     

Marathon Asset começou a comprar dívida da Evergrande, diz CEO

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Marathon Asset Management decidiu comprar dívida emitida pela incorporadora China Evergrande, de acordo com o cofundador e CEO da empresa de investimento, Bruce Richards.

Most Read from Bloomberg

O especialista no chamado crédito “distressed”, ou em reestruturação, adquiriu dívida da Evergrande pela primeira vez esta semana e pretende continuar comprando devido aos preços atualmente baixos, disse Richards em entrevista à Bloomberg TV na quarta-feira. Os títulos da Evergrande com cupom de 10% e vencimento em 2023 lideravam a queda no mercado de dívida de alto rendimento dos EUA na quarta-feira, com queda de 2,375 centavos de dólar para 23,875 centavos.

Segundo Richards, a dívida da Evergrande precisará ser reestruturada, embora a empresa possa fazer alguns pagamentos no curto prazo. Proprietários de imóveis, fornecedores e credores de títulos chineses serão pagos antes de investidores estrangeiros, acrescentou.

Para Richards, existem oportunidades decorrentes da crise da Evergrande. “É um problema para a China, um problema para o seu mercado imobiliário. Um problema para todo o segmento que depende disso. Há muitos empregos relacionados e muito comércio atrelado a isso.”

A gestora de Nova York, com cerca de US$ 23 bilhões em ativos e 160 funcionários globalmente, possui investimentos em títulos e empréstimos corporativos, crédito estruturado, imóveis e mercados emergentes. Richards e o diretor de investimentos, Louis Hanover, cofundaram a Marathon Asset em 1998, segundo informações do site da empresa.

Sobre o cenário macro, Richards disse que os custos mais altos com mão de obra e insumos serão permanentes. As contratações continuam sendo um problema, assim como a escassez de caminhões, embora o investidor não espere que isso leve muitas empresas ao default, porque os índices de endividamento melhoraram, disse.

“O default caiu para menos de 2%, e o que veremos é cerca de 1%. Não me preocuparia muito nesta fase com defaults”, afirmou.

A Marathon ainda aposta no setor de hospitalidade do Reino Unido em meio à recuperação do turismo e tem feito mais aquisições no segmento, disse Richards.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos