Mercado fechará em 3 h 19 min
  • BOVESPA

    109.024,62
    +1.645,70 (+1,53%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.565,13
    +297,93 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,78
    +1,72 (+3,99%)
     
  • OURO

    1.800,80
    -37,00 (-2,01%)
     
  • BTC-USD

    19.235,30
    +783,34 (+4,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,87
    +10,12 (+2,74%)
     
  • S&P500

    3.615,55
    +37,96 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    29.970,46
    +379,19 (+1,28%)
     
  • FTSE

    6.420,98
    +87,14 (+1,38%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    11.911,25
    +6,00 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3978
    -0,0425 (-0,66%)
     

Maradona vai comemorar 60 anos no gramado

Daniel MEROLLA, Nina NEGRON
·4 minuto de leitura
Diego Maradona posa para uma foto no festival internacional de cinema em Cannes, na França, em 20 de maio de 2008
Diego Maradona posa para uma foto no festival internacional de cinema em Cannes, na França, em 20 de maio de 2008

Diego Maradona terá o prazer de comemorar nesta sexta-feira seu  aniversário de 60 anos no gramado, seu lugar no mundo, após ser descartada uma suspeita de contágio por covid-19, que o manteve em isolamento preventivo por três dias. 

Uma pessoa próxima a Maradona, suspeita de ter coronavírus, testou negativo e como o eterno camisa 10 não apresentou sintomas, poderá exercer a função de técnico do Gimnasia y Esgrima nesta sexta-feira, a partir das 19h00 locais no estádio de La Plata, confirmaram fontes próximas à AFP. 

Treinador do clube de La Plata desde 2019, o ex-jogador vai comandar a equipe diante do Patronato, pela primeira rodada do Campeonato Argentino, que retorna após oito meses suspenso pela pandemia do coronavírus. 

Embora sem público e com apenas um punhado de jornalistas, o estádio La Plata servirá para resumir o culto que o mundo do futebol presta à lenda de quem foi artista e mágico da bola. 

O que 'o 10' não perde, nem no confinamento nem com problemas de saúde, é o seu gênio rebelde e brincalhão e poucos dias antes de seu 60º aniversário voltou a mencionar a inesquecível 'Mão de Deus'. 

"Tenho o sonho de marcar outro gol contra os ingleses, desta vez com minha mão direita", brincou em entrevista à revista France Football. 

Esse primeiro gol na vitória por 2 a 1 sobre a Inglaterra, nas quartas de final Copa do Mundo de 1986, no México, foi feito com o punho esquerdo . Na mesma partida, ele fez aquele que é considerado o gol mais espetacular da história da competição mundial. 

Dias depois, no estádio Azteca, ele ergueu a Copa do Mundo e atingiu o auge da carreira aos 25 anos.

- Intimidade -

Maradona mora em Brandsen, ao sul da cidade de Buenos Aires, a apenas 10 minutos da Estância Chica, o centro de terinamento do Gimnasia. 

Lá ele passou esses sete meses de confinamento em privacidade. A casa é cercada por parque, campo de futebol, piscina e churrasqueira. Uma de suas filhas, Jana, cultiva uma horta orgânica para que seu pai possa comer vegetais sem pesticidas. 

Seu preparador físico e médico organizaram as atividades físicas aliadas a uma alimentação balanceada.

- Homenagens nas redes -

O próprio Maradona publicou em sua conta do Facebook um vídeo de 36 minutos com saudações de jogadores e ex-jogadores como Ronaldinho, Ronaldo, José Mourinho, Fábio Cannavaro, 'Pibe' Valderrama, Marco Van Basten, Franco Baresi, Bobo Vieri, David Trezeguet, o cubano Javier Sotomayor, estrelas de todos os esportes argentinos, ex-companheiros da seleção campeã de 1986, entre outros. "Obrigado" é a palavra que mais se repete. 

“Começo meus 60 anos com essas mensagens maravilhosas que me dão vida. Muito obrigado por muito amor, obrigado por sua amizade. Este é o melhor presente de aniversário que vocês poderiam ter me dado”, escreveu o aniversariante. 

As homenagens também vieram do Napoli, clube pelo qual conquistou dois campeonatos italianos, duas copas da Itália e uma Copa da Uefa. 

“Eu vi Maradona”, publicou esta sexta-feira o clube da cidade de Nápoles em suas redes sociais, com um vídeo com imagens de seus grandes lances em campo. 

Pelé retribuiu a saudação calorosa com que Maradona celebrou os 80 anos do 'Rei' na semana passada. "Meu grande amigo, Maradona. Sempre vou aplaudi-lo. Sempre vou apoiá-lo. Que sua jornada seja longa, que você sempre sorria e me faça sorrir também. Feliz aniversário!", escreveu o outro mito do futebol.

- Orgulhoso de sua origem -

Maradona sempre quebrou os limites dos campos de futebol para ser a voz daqueles das camadas mais baixas contra os poderosos. 

Seu lema principal é: “Jamais negarei minha origem”, em um bairro pobre, no assentamento Fiorito, na periferia distante e formada pela classe operária. 

Ele nasceu no sanatório 'Evita', nome premonitório de sua filiação peronista (como o atual governo), e é possível que o nome da rua desse hospital tenha mudado para Maradona. 

O aniversário foi a ocasião para renovar seu ativismo social e político com o lançamento da campanha de caridade 'Las diez del 10'. Dez cidades e dez camisas da seleção argentina com seu autógrafo, que junto com a Cruz Vermelha e o governo serão leiloadas para arrecadar fundos para alimentação e construção de casas. 

Uma das dez cidades é Esquina, na província costeira de Corrientes, onde nasceram seus pais, Doña Tota e Don Diego, mais conhecido como Chitoro, que tiveram oito filhos.

dm/nn/ls/ol/lca