Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.785,50
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    55.101,94
    +395,02 (+0,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Manuscrito de Albert Einstein pode chegar a R$ 20 milhões

·2 min de leitura
Albert Einstein travels to the California University of Technology on the SS Oakland as the appointee of the Oberlaender Trust in order to promote relations between Germany and the United States.
Escrito entre meados de 1913 e o início de 1914, o documento é a tentativa dos cientistas de explicar um mistério cósmico
  • Casa de leilões Christie's, em Paris, deve leiloar manuscrito de Albert Einstein; 

  • Manuscrito de 54 páginas escrito por Albert Einstein e Michele Basso documenta Teoria da Relatividade;

  • De acordo com plataforma, documento deve atingir entre R$ 13 e 19,5 mi;

Nesta terça-feira (23), a partir das 13h22 (pelo horário de Brasília), a casa de leilões Christie’s, em Paris, dá início a uma concorrência on-line pela compra de itens históricos, entre eles, um manuscrito de 54 páginas escrito por Albert Einstein e Michele Besso, que documenta o estágio inicial do desenvolvimento da famosa Teoria da Relatividade, de acordo com o portal Olhar Digital. 

Segundo a plataforma que vai mediar o leilão, o documento deve atingir algo entre US$2,4 milhões (R$13,41 milhões) e US$3,5 milhões (R$19,55 milhões), podendo ser a peça mais cara já vendida do acervo de Einstein, que tem escritos vendidos por milhões de dólares em leilões. Em maio deste ano, uma carta destinada a um físico rival, que continha sua famosa equação E = mc2 (equivalência massa-energia), foi arrematada por US$1,2 milhão (R$6,7 milhões). E em 2017, duas notas curtas que ele escreveu a um carregador de um hotel de Tóquio – incluindo uma que descrevia sua “fórmula” para a felicidade – foram vendidas por US$1,5 milhão (R$8,39 milhões), o maior valor até o momento.

Manuscrito comprova raridade de registro de teorias do cientista

Escrito entre meados de 1913 e o início de 1914, o documento é a tentativa dos cientistas de explicar um mistério cósmico – especificamente, que o caminho orbital de Mercúrio está muito longe do que foi previsto pelas leis do movimento de Isaac Newton. Conforme descrito no site da Christie’s, 26 páginas foram escritas com a caligrafia de Einstein e 24 delas com a de Besso. As outras três páginas contam com ambas as caligrafias.

Segundo destacou o site Live Science, a dupla acabou falhando em explicar a discrepância na órbita de Mercúrio nesse manuscrito – no entanto, os cálculos que desenvolveram levaram diretamente às equações da relatividade geral de Einstein, que ainda são usadas para descrever as relações entre objetos no espaço até hoje.

De acordo com a casa de leilões, Einstein normalmente não mantinha rascunhos de seus próprios escritos e correspondências – e é isso que torna o objeto tão raro. Porém, Michele Besso, por outro lado, preservou muito de seu trabalho com Einstein para a posteridade, e graças ao italiano, esse manuscrito é um dos únicos dois rascunhos que mostram os fundamentos da Teoria da Relatividade, segundo o portal Olhar Digital. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos