Para Mantega, trajetória do PIB é de crescimento

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta sexta-feira que, apesar de o crescimento do PIB não ter correspondido às expectativas do governo e dos analistas do mercado, a trajetória é de crescimento. Ele destacou a evolução dos números registrados no ano: 0,1% no primeiro trimestre, alta de 0,2% no segundo e 0,6% no terceiro.

De acordo com Mantega, um dos motivos que levaram à frustração das expectativas no terceiro trimestre foi o governo e os analistas terem olhado mais para o setor agropecuário, que registrou queda forte no segundo trimestre, e menos para o setor de serviços. "Olhamos mais para a agricultura e menos para o setor de serviços", disse, referindo-se à variação zero deste último segmento. O ministro previu na semana passada que o País registraria uma expansão ao redor de 1,2% no período.

No entanto, ele projeta expansão de 1% do PIB no quarto trimestre e mantém a previsão de crescimento da ordem de 4% em 2013. "Posso afirmar que a economia está em trajetória de aquecimento", disse. Ele não soube explicar o baixo desempenho do consumo do governo. "O consumo do governo foi fraco. Ainda não sabemos exatamente o que aconteceu", explicou.

Mantega acrescentou que a recuperação da Formação Bruta de Capital Fixo é mais lenta neste ano, mas dá sinais de retomada no quarto trimestre. "As vendas de caminhões apresentaram bom desempenho a partir de outubro e isso é uma indicação positiva de que os investimentos estão avançando", afirmou.

Carregando...