Mantega diz que pico da inflação ocorreu em outubro

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou que o pico de inflação no País foi atingido em outubro. "Temos o prenúncio de que inflação vai retornar para patamar mais baixo, pois os preços no atacado já estão dizendo isso."

Durante entrevista à imprensa, Mantega citou que tanto a alta do IPCA quanto a baixa do IGP-DI, ambos divulgados mais cedo nesta quarta-feira, refletem momentos diferentes do impacto dos preços agrícolas sobre a inflação. De acordo com o ministro, a alta de 0,59% do IPCA de outubro refletiu principalmente a elevação dos preços de produtos agrícolas, como o arroz. "É normal nesse período do ano que haja alta de produtos agrícolas, por causa de safra e entressafra", justificou.

"A boa notícia é que o IGP-DI prenuncia inflação menor", disse, citando o indicador que ficou negativo em 0,31% no mês passado. "O que mais caiu foi o conjunto de produtos agropecuários. Os agrícolas já estão caindo no atacado. Isso vai demorar um ou dois meses para ser transmitido ao consumo."

Para frisar o freio na alta dos preços, Mantega mencionou até o IPC-S que, segundo ele, vem apresentando queda há duas semanas consecutivas.

Carregando...