Mantega crê em retorno forte de investimentos em 2013

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, citou nesta sexta-feira, em palestra a empresários do setor industrial na 32ª Reunião do Fórum Nacional da Indústria, realizada em São Paulo, várias medidas tomadas pelo governo em 2012 para incentivar a retomada dos investimentos no País. "Estamos trabalhando para que os investimentos voltem fortes e a perspectiva é de que os investimentos tenham alta de 8% em 2013", afirmou. "Ambiente salutar é quando investimentos crescem o dobro do PIB, como foi em 2007", avaliou.

Mantega confirmou ainda que o programa de concessão de portos será lançado na semana que vem e lembrou do pacote de redução de custos de energia apresentado pelo governo. "Estamos trabalhando para reduzir custos de modo geral, como de energia", disse ele. Especificamente sobre o setor energético, o ministro lembrou que as concessionárias queriam a renovação automática dos contratos, mas que isso não está previsto e defendeu a proposta do governo de renovação com custos menores.

"Tem empresas que querem renovação de tarifa alta. Queremos continuar com estas empresas e em 30 anos elas terão rentabilidade", afirmou. "Mas não podemos prejudicar uma maioria por causa de um grupo que quer lucros altos", disse o ministro.

Mantega cobrou dos empresários presentes ao evento do qual participa em São Paulo, defensores da redução dos preços da energia, que se mobilizem pelo projeto do governo de corte dos preços da energia atrelado à renovação dos contratos do setor. "Uma meia dúzia está fazendo barulho e é preciso que a indústria se mobilize".

O ministro disse também que "a debênture de infraestrutura vai bombar". "Haverá custo menor e rentabilidade maior."

Carregando...