Mercado fechado

Mansueto deixará cargo de secretário do Tesouro, diz fonte

Por Rodrigo Viga Gaier
Secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, está deixando o cargo, disse neste domingo à Reuters um fonte com conhecimento direto da decisão.

A saída de Mansueto, que já era especulada desde o fim do ano passado, pode ser consumada a qualquer momento, acrescentou a fonte, que falou sob condição de anonimato. “Sim, chegou a hora“, afirmou a fonte.

"Ele iria ficar seis meses e ficou um ano e meio, um ano além do previsto“, acrescentou a fonte.

Mansueto assumiu o cargo de secretário do Tesouro Nacional em abril de 2018, ainda durante o governo de Michel Temer. Antes disso, respondia pela Secretaria de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loteria do Ministério da Fazenda.

Considerado um técnico respeitado da área econômica, Mansueto é um dos principais especialistas em questões fiscais do país. Uma das várias reformas que são gestadas pela área econômica do governo, a do pacto federativo, foi inclusive batizada com o nome do secretário e chamada de Plano Mansueto.