Mercado abrirá em 28 mins
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,30 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,36 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,01
    -2,27 (-2,98%)
     
  • OURO

    1.761,50
    +7,50 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    16.213,02
    -344,85 (-2,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,96
    -2,69 (-0,70%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,93 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.464,79
    -21,88 (-0,29%)
     
  • HANG SENG

    17.297,94
    -275,64 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    28.162,83
    -120,20 (-0,42%)
     
  • NASDAQ

    11.681,00
    -101,75 (-0,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6759
    +0,0515 (+0,92%)
     

Mansão de réu da Lava Jato está à venda por R$ 14,7 milhões

Foto ilustrativa de uma mansão fora da área urbana no Brasil
Foto ilustrativa de uma mansão fora da área urbana no Brasil

Uma mansão está à venda no Distrito Federal. Ela não chamaria a atenção entre tantas outras casas à venda, se não fosse o fato de que pertenceu a um réu da Operação Lava Jato. Foi a leilão judicial duas vezes e hoje está disponível para o mercado na modalidade Venda Direta até o próximo dia 07/11/2022.

O imóvel de 14,4 mil metros quadrados está localizado ao lado da Casa da Dinda, às margens do Lago Paranoá, com avaliação em 14,72 milhões de reais, com lance mínimo de compra em 80% dessa avaliação, ou seja, 11,8 milhões.

Além do desconto, o poder judiciário autorizou o parcelamento em até 18 meses, com entrada de 30%. De acordo com o edital, o proprietário executado ainda ocupa o imóvel. Assim que o juiz expedir a carta de arrematação ao novo proprietário – algo em torno de 30 dias – o novo proprietário já terá o imóvel à sua disposição.

A alienação federal criminal foi autorizada por ordem da juíza federal da 12ª Vara Federal Criminal de Curitiba, Dra. Carolina Moura Lebbos. O imóvel pertence ao processo criminal nº 5047744-39.2019.4.04.7000 e corre em segredo de justiça desde 09/09/2019. A residência foi a leilão por desmembramentos oriundos da Operação Lava Jato.

A íntegra do edital pode ser acessado https://www.nogarileiloes.com.br/leilao/602/lotes.

Mansão em Dubai bate recorde e é vendida a R$ 428 milhões

Uma mansão localizada na ilha de Palm Jumeirah, em Dubai, nos Emirados Árabes, entrou para a lista de recordes imobiliários após ser vendida por 302,5 milhões de dirhams (ou ainda US$ 82,4 milhões e R$ 428,4 milhões)

As vendas de propriedades de luxo vêm crescendo no país, de acordo com a empresa vendedora da casa, a Alpago Properties. A mansão, chamada de Casa Del Sole, foi comprada sem hipoteca, de acordo com a escritura obtida pela Bloomberg. Por motivos de segurança e privacidade, o comprador do imóvel não foi identificado.