Mercado abrirá em 3 h 28 min
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,96 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,60 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    -0,56 (-0,52%)
     
  • OURO

    1.840,50
    +10,20 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    21.433,83
    +26,48 (+0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    467,60
    +13,70 (+3,02%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,28 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.255,37
    +46,56 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.223,75
    +83,25 (+0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5367
    -0,0157 (-0,28%)
     

Manifestantes lembram Fed de impacto de juros altos no emprego

(Bloomberg) -- Enquanto os dirigentes do Federal Reserve iniciavam sua reunião de política monetária de dois dias em Washington, manifestantes se aglomeravam do lado de fora para lembrá-los que aumentos agressivos de juros têm um custo humano.

Dezenas de pessoas vestindo camisetas verdes se declaravam “defensores do pleno emprego” e cantavam e acenavam com cartazes que diziam “Nós somos a economia”. As autoridades devem considerar aumentar as taxas de juros em 0,75 ponto percentual nesta semana, depois que más notícias sobre a inflação sinalizaram que os aumentos de preços estão se tornando mais amplos.

Os manifestantes falaram sobre como as comunidades desfavorecidas se beneficiam do aumento dos salários e dos fortes mercados de trabalho. Sua mensagem para os formuladores de política monetária: as pessoas que podem perder empregos à medida que o banco central aumenta juros para combater a inflação geralmente são as últimas a se beneficiarem quando a economia está indo bem.

“Embora a estabilidade dos preços seja certamente uma parte importante do mandato do Fed, o pleno emprego também é essencial”, disse Benjamin Dulchin, diretor do grupo que organizou a manifestação, em entrevista.

Mercados de trabalho fortes podem fazer uma diferença significativa para trabalhadores negros e hispânicos e trabalhadores de baixa renda, criando mais oportunidades e levando a salários mais altos, disse Dulchin. As disparidades de emprego entre trabalhadores negros e brancos que persistem ao longo do tempo podem começar a diminuir, disse ele. Mas esse progresso para quando os mercados de trabalho enfraquecem, disse.

O Fed tem um mandato duplo para visar a estabilidade de preços e o emprego máximo. Sob novos parâmetros revelados em agosto de 2020, o banco central prometeu buscar um pleno emprego que seja “amplo e inclusivo”.

Com o desemprego nos EUA perto de mínimas históricas em 3,6%, as autoridades mudam seu foco para combater a inflação, que está em uma máxima de 40 anos. Mas algumas disparidades raciais persistem. A taxa de desemprego dos negros subiu ligeiramente para 6,2% em maio, aproximadamente o dobro da taxa de desemprego dos brancos e acima da mínima de 5,4% alcançada antes da pandemia.

Dados divulgados na última sexta-feira mostraram que o índice de preços ao consumidor subiu 8,6% em maio em relação ao ano anterior, frustrando as esperanças de que a inflação tivesse atingido o pico. Os números superaram todas as estimativas em um sinal de que as pressões de preços estão se arraigando na economia.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos