Mercado abrirá em 3 h 55 min
  • BOVESPA

    130.207,96
    +766,93 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.029,54
    -256,92 (-0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,06
    +0,18 (+0,25%)
     
  • OURO

    1.866,00
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    39.752,00
    -492,12 (-1,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    997,53
    +28,69 (+2,96%)
     
  • S&P500

    4.255,15
    +7,71 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.393,75
    -85,85 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.164,80
    +18,12 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    -203,60 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.441,30
    +279,50 (+0,96%)
     
  • NASDAQ

    14.147,00
    +22,25 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1523
    +0,0208 (+0,34%)
     

Mancini nega que o Corinthians tenha pensado em perder para prejudicar rival: 'Dignifica o clube'

·3 minuto de leitura


Mesmo sabendo que a vitória do Corinthians sobre o Novorizontino, neste domingo (9) ajudaria diretamente o Palmeiras, o técnico do Timão, Vagner Mancini garantiu que nunca cogitou entregar a partida deste fim de semana, mesmo isso sendo o desejo de parte da torcida corintiana.

– Eu aprendi no futebol, que a gente vive de vitória, e o esporte é assim. De maneira alguma a gente pode ir contra o que representa e dignifica o clube. A camisa do Corinthians é vitoriosa, de conquistar, então não é de temer nenhum adversário. Por mais respeito que tenhamos a todas as equipes, somos do tamanho de todas elas. Nesse momento, é importante que a gente fale isso com muita segurança. A gente tem que vencer o maior número de jogos possíveis, porque isso dignifica a camisa do clube – disse o treinador em entrevista coletiva virtual ao fim da partida.

E o resultado final da rodada foi exatamente o que alguns torcedores do Corinthians temia: a equipe do Parque ão Jorge bateu o Novorizontino por 2 a 1, na Neo Química Arena, enquanto o arquirrival palmeirense venceu a Ponte Preta, por 3 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, passando para as quartas de final do Paulista.

>> Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos

Saldo do ano

Classificado no Paulistão, quando enfrenta a Inter de Limeira, nesta terça-feira (11), em Itaquera, ainda sem horário definido, Mancini classifica o momento corintiano como bom, mas vê margem de evolução para chegar à final do campeonato.

Contudo, o técnico pondera alguns fatores externos que influenciaram a equipe no decorrer da temporada, como o surto de Covid-19 vivenciado pelo clube, em março, como preponderantes para uma queda de desempenho em alguns jogos neste ano.

- O futebol não é uma ciência exata. As fase são cíclicas, então você, é natural, que tenha bons momentos e caia de produção, porque todo mundo está vendo o seu time jogar, passa por dificuldades, que foi o mês de março, que tivemos vários casos de Covid, você tem desnivelamento físico do elenco e sofre em campo. Tudo isso nós sabíamos, por mais que a a gente tenha que ouvir o comentário de fora, e respeita isso, dizendo que o time caiu de prodição, nós sabíamos que tivemos vários problemas internos, como outras equipes tiveram. Essa osciação passa a ser normal – afirmou Vagner Mancini

- A equipe que entrou no Paulista teve dificuldades, se superou, voltou a jogar bem e está em um momento bom. Não quer fizer que isso vai ser o suficiente para que a gente possa jogar a final, não é o suficiente, a gente tem que melhorar a cada dia. Oscilações acontecem em todo os clubes, ainda mais em ano de pandemia, mas somos muito conscientes de que não podemos deixar nos levar por nenhum tipo de comentário externo para manter o pé no chão, para saber onde a gente tem que melhorar, somando vitórias, para brigar por títulos – completo.

Além do Paulistão, o Corinthians também está envolvido na Copa Sul-Americana, onde, após empatar e perder nos seus dois primeiros compromissos, a equipe venceu, fora de casa, o Sport Huancayo, na última quinta-feira (6). Portanto, entre o duelo contra a Inter, na terça-feira (11) e uma possível semifinal do Estadual, no próximo fim de semana, o Timão encara o líder do grupo E do torneio continental, Peñarol (URU), em Montevidéu, precisando vencer para seguir sonhando com a promoção também na competição internacional.

Mancini - Coletiva Corinthians
Mancini - Coletiva Corinthians

Mesmo criticado, Mancini segue vivo em todas as competições do Corinthians na temporada (Foto: Reprodução/Corinthians TV)