Mercado abrirá em 7 h 21 min
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,46
    -0,50 (-0,60%)
     
  • OURO

    1.773,80
    +3,30 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    63.896,27
    +1.234,35 (+1,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.479,81
    +16,46 (+1,12%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    26.125,96
    +338,75 (+1,31%)
     
  • NIKKEI

    29.318,57
    +103,05 (+0,35%)
     
  • NASDAQ

    15.381,00
    -17,50 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5171
    +0,0209 (+0,32%)
     

Manchester United e Juventus tiveram prejuízos financeiros milionários na pandemia

·1 minuto de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • O dois clubes europeus anunciaram que tiveram prejuízos milionários por causa da pandemia;

  • O Manchester United, time de Cristiano Ronaldo, teve queda de receita de 2,9%, ou seja, R$ 3,62 bilhões;

  • A Juventus terminou o período de exercício financeiro de 12 meses com prejuízo de R$ 1,3 bilhão.

Manchester United e Juventus, dois grandes e tradicionais clubes de futebol mundiais, anunciaram na sexta-feira que tiveram prejuízo financeiro milionários nos últimos 12 meses como efeito da pandemia.

O atual time de Cristiano Ronaldo, o Manchester United, da Inglaterra, teve prejuízo financeiro líquido de £ 92,2 milhões, o equivalente a R$ 668,3 milhões. As receitas do clube tiveram queda de 2,9%, chegando a £ 494 milhões, ou seja, R$ 3,62 bilhões. Contudo, a pior queda aconteceu com os ganhos do “Matchday”, como é chamado o dia do jogo, quando os ganhos caíram 92%: quase todas as partidas aconteceram sem público.

Leia também:

No período de 12 meses, as receitas obtidas com os direitos de televisão do Campeonato Inglês e pela participação na Liga dos Campeões da Europa evitaram um prejuízo maior.

A Juventus, na Itália, terminou o exercício financeiro desse mesmo período com € 209,9 milhões de prejuízo, o equivalente a R$ 1,3 bilhão, fazendo a dívida líquida do time crescer por volta de € 389 milhões, ou seja, R$ 2,4 bilhões.

O Conselho de Administração, órgão responsável por convocar uma assembleia de acionistas no dia 29 de outubro, aprovou o balanço.

O clube italiano já havia ficado no vermelho entre 2019 e 2020, mas com um valor inferior, de € 89,7 milhões, o equivalente a R$ 554,7 milhões em valores atualizados.

As informações são do jornal O Dia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos