Mercado abrirá em 3 h 36 min
  • BOVESPA

    111.183,95
    -355,84 (-0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.377,47
    +695,28 (+1,52%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,33
    +0,05 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.708,70
    -7,10 (-0,41%)
     
  • BTC-USD

    49.251,75
    -1.215,54 (-2,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    987,48
    +0,27 (+0,03%)
     
  • S&P500

    3.819,72
    -50,57 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    31.270,09
    -121,43 (-0,39%)
     
  • FTSE

    6.626,65
    -48,82 (-0,73%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.930,11
    -628,99 (-2,13%)
     
  • NASDAQ

    12.623,25
    -58,50 (-0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7699
    -0,0088 (-0,13%)
     

Manchester City entra na briga pela contratação de Alaba

LANCE!
·1 minuto de leitura


Segundo o jornal 'As', da Espanha, o Manchester City está na briga com o Real Madrid para contratar o jogador David Alaba, que hoje pertence ao Bayern de Munique. O austríaco de 28 anos está em final de contrato, e pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe, mudando de time no final da temporada.

Veja a tabela do Inglês

A proposta do Manchester City, segundo o 'As', supera a do Real Madrid. O clube inglês estaria disposto a oferecer 14 milhões de euros (R$ 91 milhões) anuais para o jogador, excluindo bônus e comissão. Enquanto isso, a proposta dos merengues chega ao valor de 11 milhões de euros (R$ 71 milhões) anuais.

David Alaba, por sua vez, tem o desejo de jogar na Espanha, ainda que os valores salariais sejam menores. Segundo o pai do jogador, ainda não existe um acordo certo entre o austríaco e o Real Madrid, e chegou até mesmo a envolver o Barcelona em uma possível negociação.

O Manchester City está na primeira colocação do Campeonato Inglês, com 41 pontos somados em 19 partidas. A equipe treinada por Pep Guardiola enfrenta o Sheffield United neste sábado, em partida válida pela 20ª rodada do torneio, às 12h (de Brasília).