Mercado abrirá em 3 h 42 min
  • BOVESPA

    121.241,63
    +892,84 (+0,74%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.458,02
    +565,74 (+1,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,56
    +0,20 (+0,38%)
     
  • OURO

    1.842,10
    +12,20 (+0,67%)
     
  • BTC-USD

    37.067,59
    +625,86 (+1,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    730,97
    -4,17 (-0,57%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.763,15
    +42,50 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    29.630,38
    +767,61 (+2,66%)
     
  • NIKKEI

    28.633,46
    +391,25 (+1,39%)
     
  • NASDAQ

    12.927,00
    +124,75 (+0,97%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4102
    +0,0149 (+0,23%)
     

Manchester City domina e vence Fulham em grande dia de De Bruyne

LANCE!
·1 minuto de leitura


No jogo 700 de Pep Guardiola, o Manchester City fez uma boa perdida, perdeu muitas oportunidades de gols, mas conseguiu fazer valer o favoritismo para vencer o Fulham por 2 a 0. Com o triunfo, a equipe do técnico espanhol segue fazendo um trabalho de recuperação no Campeonato Inglês após um início ruim.

> Veja a tabela do Campeonato Inglês

PRESSÃO
Logo aos dois minutos, Sterling teve a primeira boa chance da partida ao receber bola em profundidade, mas finalizar para boa defesa de Areola. No ataque seguinte, o camisa sete recebeu passe de De Bruyne e dessa vez não desperdiçou, tocando na saída do goleiro francês para abrir o placar.

MASSACRE
O Manchester City não parou e aos 12 minutos foi a vez de De Bruyne receber passe de Mahrez pela direita e chutar com desvio para outra intervenção de Areola. Aos 25 minutos, o belga ampliou o marcador ao anotar seu gol de pênalti após Sterling sofrer falta dentro da área. O time de Guardiola terminou a primeira etapa com 75% de posse de bola e não deu chances para o Fulham.

CONTROLE
Na segunda etapa, o Manchester City controlou o jogo, mas não conseguiu ampliar o placar. Logo aos quatro minutos, De Bruyne trabalhou com Gabriel Jesus e finalizou no travessão do Fulham e o belga perdeu outra grande chance ao receber passe longo de Mahrez e parar em Areola. O Fulham tentou criar chances, mas parecia sem forças para chegar ao ataque.