Mercado abrirá em 4 h 54 min
  • BOVESPA

    126.003,86
    +951,08 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.897,79
    +629,34 (+1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,67
    -0,24 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.798,00
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    37.056,18
    -1.093,40 (-2,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    877,80
    -37,68 (-4,12%)
     
  • S&P500

    4.422,30
    +10,51 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    35.144,31
    +82,76 (+0,24%)
     
  • FTSE

    6.940,33
    -85,10 (-1,21%)
     
  • HANG SENG

    24.956,31
    -1.236,01 (-4,72%)
     
  • NIKKEI

    27.970,22
    +136,93 (+0,49%)
     
  • NASDAQ

    15.067,75
    -50,00 (-0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1014
    -0,0089 (-0,15%)
     

Malásia fecha centro de vacinação contra covid-19 após contágio de 200 trabalhadores

·1 minuto de leitura
Cerca de 11% da população da Malásia já recebeu as duas doses da vacina contra a covid-19

Um centro de vacinação contra o coronavírus na Malásia foi fechado nesta terça-feira (13) depois que mais de 200 trabalhadores se infectaram com a covid-19, informaram as autoridades do país, que também anunciaram um novo recorde de casos.

O país do sudeste asiático está lutando contra um surto grave provocado pelas variantes altamente infecciosas e mantém um isolamento rigoroso desde o início de junho.

A campanha de vacinação tomou impulso após a abertura de vários centros grandes, o que elevou para 11% a quantidade de pessoas com a imunização completa e quase 25% os que receberam apenas a primeira dose.

No entanto, um centro no estado de Selangor foi obrigado a fechar depois que 204 trabalhadores e voluntários, dos 453 testes realizados, deram positivo, afirmou Khairy Jamaluddin, o ministro encarregado da campanha de vacinação.

Os infectados tinham "cargas virais" baixas e nenhum deles apresentava sintomas graves, possivelmente porque a maioria dos trabalhadores da cidade de Shah Alam já foi vacinada, disse Jamaluddin.

A Malásia aplica vacinas da Pfizer-BioNTech, AstraZeneca e Sinovac. O país registrou nesta terça-feira um novo recorde de 11.079 novos casos e 125 mortes.

O país do sudeste asiático, com uma população de 33 milhões de habitantes, contabilizou mais de 855.000 casos e cerca de 6.400 mortes por covid-19 desde o início da pandemia.

pl/sr/qan/rsc/me/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos