Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    61.848,19
    -1.633,48 (-2,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

Mais um app do Google passa de 1 bilhão de downloads

Igor Almenara
·1 minuto de leitura

O Google Files atingiu o incrível marco de 1 bilhão de downloads. O app de gerenciamento de arquivos do Google dobrou sua quantidade de usuários dentro de um ano, e marca sucesso vertiginoso na Play Store — e por boas razões.

O gerenciador de arquivos foi uma solução versátil criada pelo Google entre 2018 e 2019, antecipado em versões de testes e download de fontes externas via arquivos APK. Inicialmente, o Files fazia parte do pequeno segmento de aplicativos exclusivos para as versões mais enxutas do Android, os Android Go, como uma alternativa mais compacta para o gerenciamento de arquivos, mas abandonou a nomenclatura “Go” para chegar para todos os dispositivos com SO da companhia.

(Imagem: Igor Almenara/Canaltech)
(Imagem: Igor Almenara/Canaltech)

O gerenciador de arquivos preservou sua essência mais sóbria das versões para celulares de entrada e se provou um “canivete suíço” com poder do Google para o controle do armazenamento interno, navegação em diretórios e exclusão automática de arquivos — incluindo capacidades de análise de fotografias e vídeos, reunindo-os em pastas para fácil exclusão quando avaliados como “duplicadas”, “fora de foco” ou memes que não são tão importantes.

Além disso, o Files abre caminho para acesso rápido para o compartilhamento de arquivos por proximidade, através do Nearby Share para Android, recurso semelhante ao AirDrop do iPhone. Por fim, o app fornece pastas para apresentação de arquivos marcados como favoritos e uma seção para guardar conteúdo sob a proteção de senha.

Se ainda não conhece, é válido experimentar o gerenciador de arquivos do Google. Vale mencionar que ele está disponível exclusivamente para Android e pode ser baixado a partir da Play Store.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: