Mercado fechará em 4 h 52 min
  • BOVESPA

    130.978,74
    +1.537,71 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.060,83
    -225,63 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,53
    +0,62 (+0,87%)
     
  • OURO

    1.868,60
    -11,00 (-0,59%)
     
  • BTC-USD

    40.527,83
    +4.605,12 (+12,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.007,40
    +38,56 (+3,98%)
     
  • S&P500

    4.239,86
    -7,58 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.313,21
    -166,39 (-0,48%)
     
  • FTSE

    7.167,54
    +33,48 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.016,00
    +21,75 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1362
    -0,0564 (-0,91%)
     

Mais popular? Audiência do Instagram já é 35% maior do que a do Facebook

·2 minuto de leitura
Mais popular? Audiência do Instagram já é 35% maior do que a do Facebook
Mais popular? Audiência do Instagram já é 35% maior do que a do Facebook

De acordo com o estudo Social Media Trends Report Q3 2020, realizado pela Socialbakers, o Instagram é mais popular que o Facebook e, inclusive, ampliou a audiência durante a pandemia de covid-19. Os dados revelam que a liderança da plataforma de fotos já é 34,7% maior do que a rede social criada por Mark Zuckerberg.

Na comparação anual de 2019 com 2020, os números são ainda mais impressionantes. O Instagram cresceu 11,3% no período e o Facebook sofreu queda de 17,6%. E mais: o “irmão mais novo” recebeu 22 vezes mais interações do que o “Face” durante o mesmo espaço de tempo, contra 16 vezes no primeiro trimestre do ano passado.

Logo do Instagram
Instagram é mais popular que Facebook? Pesquisa diz que sim. Imagem: Shutterstock

No entanto, apesar de o Instagram ser a rede social com maior público e melhor engajamento, 61,9% de todas as postagens dos perfis de marcas ainda são no Facebook, mesmo o número sendo menor em comparação com o segundo trimestre de 2020, quando a concentração de posts na rede representava 70,1%.

Alexandra Avelar, country manager da empresa global de marketing de mídia social, explicou no estudo que as marcas escolhem cada rede para alcançar o público de maneiras diferentes. “Enquanto o Instagram lidera o envolvimento e o tamanho do público, as marcas ainda publicam mais no Facebook. Afinal, as plataformas diferem na maneira como os usuários interagem com elas, sendo o Facebook frequentemente a escolha de conteúdo mais informativo, enquanto o Instagram é altamente eficaz para promover o engajamento, alcançar grandes públicos e é cada vez mais o lugar certo para as empresas se mostrarem de maneira criativa, estimularem engajamento e aumentarem o reconhecimento da marca. Já o Facebook continua sendo a melhor opção para alcançar segmentos específicos do público e transformar leads em clientes”, detalhou.

Leia mais:

Quando se trata de quantidade de posts no Brasil, o estudo revela que o montante de publicações é quase o mesmo, mas, ao contrário do que acontece no mundo, a audiência das marcas é menor no Instagram, mesmo o engajamento sendo muito maior.

Ainda segundo os resultados divulgados, a quantidade total de tempo que usuários passam no Facebook voltou aos níveis anteriores à pandemia, uma tendência que começou no segundo trimestre de 2020. “É importante que os profissionais de marketing tenham um conhecimento sólido de seu público para determinar como seus hábitos mudaram por conta da pandemia. Os usuários agora passam mais tempo online pela manhã. Por exemplo, a quantidade de fãs conectados às 5 da manhã às sextas-feiras aumentou 98% em setembro em comparação com março e crescimentos semelhantes foram vistos em todos os dias da semana”, explica Alexandra.

Logo do Facebook ao lado de um carrinho de compras
Logo do Facebook ao lado de um carrinho de compras. Imagem: Shutterstock

Fonte: Social Bakers

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!