Mercado abrirá em 6 h 30 min

Mais de 12 mil candidatos nestas eleições são milionários; Concorrentes a prefeito são mais ricos

João de Mari
·2 minutos de leitura
Vitória / ES / Brazil - April 9, 2019: electronic ballot boxes that will be used throughout the country in the municipal elections of 2020.
Urnas eletrônicas que serão utilizadas em todo o país nas eleições municipais de 2020 (Foto: Getty Creative)

Mais de 12 mil candidatos nas eleições deste ano declararam ter mais de R$ 1 milhão em bens. No total, 12.977 concorrentes a vereador, vice-prefeito e prefeito afirmaram contar com esse valor. O número, que representa apenas 2% de todas as candidaturas em todo país, é maior entre aqueles que tentam ser prefeito.

Segundo levantamento feito pelo G1, publicado nesta quarta-feira (30), com base nas declarações de bens dos candidatos, o número de milionários é maior entre os concorrentes a vice-prefeito e prefeito.

Entre os candidatos a prefeito, 18% declaram ter mais de R$ 1 milhão. Aqueles que concorrem a vice são 10% e apenas 2% entre os postulantes a vereador.

O levantamento também aponta que dois em cada cinco, ou 39% de todas as candidaturas no Brasil, não têm nenhum bem. Ou seja, têm o patrimônio zerado nestas eleições.

Mais sobre Eleições 2020:

Candidaturas de mulheres para prefeituras cresceu 0,1% em relação à 2016

Pela primeira vez na história, eleições terão mais candidaturas pretas do que brancas

Veja a lista definitiva de todos ex-fichas sujas que podem voltar a concorrer

Candidatos pretos retém apenas 3,8% da verba de R$ 1,3 bi para o financiamento eleitoral

De acordo com o jornal, 212.029 postulantes aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador afirmam não ter nada. Este número, de candidatos sem nenhum bem, é superior ao do último pleito municipal. Em 2016, 36% declararam não ter nada.

Leia também:

Os candidatos a vereador dominam o percentual dos que não têm patrimônio: 41% do total. Esse percentual cai para 19% no caso de candidatos a vice-prefeito e para 11% no caso dos postulantes a prefeito.

Há ainda nesta eleição 139 candidatos que declaram um valor negativo de bens. Porém, de acordo com o jornal, é possível concluir que houve erro no preenchimento da lista de bens por parte dessas candidaturas.