Mercado fechará em 6 h 9 min
  • BOVESPA

    109.401,41
    -2.522,52 (-2,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.799,46
    -434,91 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,81
    -1,12 (-1,46%)
     
  • OURO

    1.791,40
    +10,10 (+0,57%)
     
  • BTC-USD

    17.010,35
    -250,46 (-1,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    401,40
    -9,82 (-2,39%)
     
  • S&P500

    3.998,84
    -72,86 (-1,79%)
     
  • DOW JONES

    33.947,10
    -482,78 (-1,40%)
     
  • FTSE

    7.544,81
    -22,73 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    19.441,18
    -77,11 (-0,40%)
     
  • NIKKEI

    27.885,87
    +65,47 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    11.833,25
    +27,50 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5019
    -0,0315 (-0,57%)
     

Mais da metade dos brasileiros aproveitará Black Friday para antecipar compras de Natal, diz estudo

Estudo levantou que 83% dos entrevistados afirmaram que têm a intenção de gastar até R$ 1.147,04 na Black Friday (Getty Creative)
Estudo levantou que 83% dos entrevistados afirmaram que têm a intenção de gastar até R$ 1.147,04 na Black Friday (Getty Creative)
  • Pelo menos 64% dos brasileiros pretendem aproveitar as ofertas da Black Friday para antecipar as compras de Natal;

  • Estudo também levantou que o gasto médio pretendido com as compras na Black Friday deverá ser de R$ 729,95;

  • Black Friday deve movimentar R$ 6,05 bilhões no comércio eletrônico, com o número de pedidos chegando a 8,3 milhões neste ano.

Um estudo desenvolvido pela SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo), em parceria com a PiniOn, apontou que pelo menos 64% dos brasileiros pretendem aproveitar as ofertas da Black Friday para antecipar as compras de Natal.

Segundo informações do portal E-Commerce Brasil, "o estudo entrevistou 700 consumidores em todo o país, com o objetivo de quantificar aspectos relacionados aos hábitos de compra, intenção de compra e opiniões em relação a Black Friday".

O estudo também levantou que o gasto médio pretendido com as compras na Black Friday deverá ser de R$ 729,95, mas 83% dos entrevistados afirmaram que têm a intenção de gastar até R$ 1.147,04. Os itens mais buscados são vestuário, eletrônicos e eletrodomésticos.

Neste ano, a Black Friday deve movimentar R$ 6,05 bilhões no comércio eletrônico, com o número de pedidos chegando a 8,3 milhões neste ano, de acordo com um projeção da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).

Copa do Mundo

Pela primeira vez, a Copa do Mundo vai acontecer durante a Black Friday. Com a união dos acontecimentos, o varejo brasileiro deve movimentar R$ 4,2 bilhões e registrar a maior movimentação financeira desde que a data foi incorporada.

Uma projeção realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). aponta que a expectativa de faturamento é 1,1% maior que no ano passado, descontada a inflação.

Incorporada no calendário nacional, a Black Friday já é considerada a quinta data mais importante do varejo, atrás do Natal, Dia das Mães, Dia das Crianças e Dia dos Pais.

“Esse é um momento muito importante para o comércio de bens e serviços e, com o incremento das promoções de itens voltados à Copa do Mundo de Futebol, o segmento deve encerrar bem o ano”, disse o presidente da CNC, José Roberto Tadros, em entrevista ao G1.

Entre os produtos que têm maior potencial de redução de preço estão os sapatos masculinos, lavadora de roupas, smartwatchs, fones de ouvido e purificadores de água.