Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    55.026,37
    +715,65 (+1,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Mais da metade da população iraniana está imunizada contra a covid

·1 min de leitura
Estudante recebe vacina contra a covid-19 em centro de imunização montado em frente a uma escopa de Teerã, 7 de outubro de 2021 (AFP/-)

Mais da metade da população iraniana está totalmente vacinada contra a covid-19, anunciou neste sábado (20) o ministério da Saúde do Irã, onde o número de infecções e mortes começa a diminuir.

Desde o início da campanha de vacinação, em fevereiro, mais de 44,2 milhões dos aproximadamente 83 milhões de habitantes do país receberam duas doses da vacina contra o coronavírus, segundo dados publicados pelas autoridades sanitárias.

Além disso, 12,2 milhões de pessoas receberam uma dose da vacina.

O Irã usa diferentes imunizantes, entre eles o Sinopharm, fabricado na China.

País mais afetado pela pandemia no Oriente Médio, o Irã registrou mais de 6 milhões de casos de infecções e cerca de 129.000 mortes no total, segundo o ministério da Saúde.

De acordo com vários funcionários públicos iranianos, estas estatísticas subestimam em grande parte o número de óbitos e casos.

ap/sk/vl/mab/me/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos