Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +0,38 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.783,30
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    65.938,27
    +1.856,98 (+2,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.538,50
    +57,70 (+3,90%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.353,00
    -24,50 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5196
    +0,0234 (+0,36%)
     

Mais barato! Teste de anticorpos para covid-19 poderá custar R$ 5

·3 minuto de leitura

Diante do desafio de identificar pessoas que se infectaram com o coronavírus SARS-CoV-2, de forma rápida e barata, pesquisadores da Universidade Politécnica de Hong Kong desenvolveram um teste que mede, com alta precisão, a concentração de anticorpos contra o vírus da covid-19 em uma amostra de sangue ou de saliva. O resultado sai em até 5 minutos.

Após concluírem os testes em laboratório do novo exame e publicarem os resultados na revista Science Advances, os cientistas chineses planejam um ensaio clínico para entender a eficácia real desses exames. Caso as etapas corram conforme o esperado, o teste deverá custar cerca de US$ 1 (cerca de 5,2 reais).

Para que serve um teste de anticorpos?

Exame de anticorpos para a covid-19 deve custar pouco mais de 5 reais (Imagem: Reprodução/Swiftsciencewriting/Pixabay)
Exame de anticorpos para a covid-19 deve custar pouco mais de 5 reais (Imagem: Reprodução/Swiftsciencewriting/Pixabay)

Vale lembrar que, quando uma pessoa é infectada pelo coronavírus ou vacinada, o sistema imunológico passa a produzir anticorpos para combater a infecção. Esses anticorpos continuam a ser produzidos e permanecem ativos por pelo menos seis meses, segundo estudos apresentados pelos pesquisadores chineses. No entanto, poucos exames portáteis medem com precisão a concentração dessas proteínas específicas.

Por mais que o exame verifique a presença de anticorpos, é preciso lembrar que outros medidores são importantes para o sistema imunológico, como as células de memória. Só que estas não são consideradas pelo exame, então, é limitada a compreensão do nível de proteção de um indivíduo obtida através do resultado.

Em outras palavras, o resultado não é uma garantia de que a pessoa está protegida contra a infecção do coronavírus. De forma geral, esses exames são ideais para revelar se uma pessoa já teve covid-19 ou não. Também ajudam pesquisadores a avaliarem o funcionamento de imunizantes.

Como funciona o teste de anticorpos?

Para medir os anticorpos, um dispositivo é conectado a um medidor portátil que é, por sua vez, controlado por um telefone celular via Bluetooth(Imagem: Reprodução/Liu et al., 2021/Science Advances)
Para medir os anticorpos, um dispositivo é conectado a um medidor portátil que é, por sua vez, controlado por um telefone celular via Bluetooth(Imagem: Reprodução/Liu et al., 2021/Science Advances)

Para medir os anticorpos para o coronavírus em uma amostra, os pesquisadores adotaram transistores eletroquímicos orgânicos, conhecidos por convertem sinais biológicos em sinais elétricos. Inclusive, o uso desses transistores tem se popularizado, nos últimos anos, para detectar algumas moléculas, como proteínas e glicose.

No transistor — feito de ouro e com uma pequena tira plástica —, a pessoa deve colocar uma gota de sangue ou da saliva. Conforme os anticorpos do coronavírus (ou não) se ligam a ele, o transistor produz sinais elétricos que são lidos por um medidor portátil conectado via Bluetooth a um telefone celular. Todo o processo leva menos de 5 minutos.

Em laboratório, o teste demonstrou ser altamente preciso na medição de anticorpos contra o coronavírus. Nessa etapa de validação, os pesquisadores enriqueceram as amostras com diferentes níveis de anticorpos no laboratório, incluindo níveis muito baixos.

Pelo baixo custo, os testes podem ser um importante arma para estudos que medem a taxa de infecção e a taxa de imunidade da população em diferentes áreas. Também poderá ajudar o desenvolvimento de vacinas contra a covid-19.

Para acessar o estudo completo sobre o novo teste de anticorpos do coronavírus, publicado na revista Science Advances, clique aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos