Mercado fechado

Mais de 6,4 milhões de vacinas contra Covid-19 serão distribuídas pelo Ministério da Saúde

·2 minuto de leitura
Mais de 6,4 milhões de vacinas contra Covid-19 serão distribuídas pelo Ministério da Saúde
Mais de 6,4 milhões de vacinas contra Covid-19 serão distribuídas pelo Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou que começará a distribuir novo lote com pouco mais de 6,4 milhões de vacinas contra a Covid-19, na próxima terça-feira (18), para os 26 estados e o Distrito Federal. Do total, 4,7 milhões dos imunizantes serão da AstraZeneca/Oxford, produzidos pela Fiocruz, pouco mais de 1 milhão da CoronaVac, do Instituto Butantan, e 647 mil da Pfizer/BioNTech.

De acordo com a pasta, as vacinas da CoronaVac serão enviadas a 12 estados que pediram o imunizante para aplicar a 2ª dose da vacina em pessoas que já receberam a 1ª e precisam concluir o ciclo vacinal.

Já a da Pfizer será destinada para aplicação da 1ª dose em quem tem uma deficiência permanente e pessoas com comorbidades – incluindo gestantes e puérperas comórbidas, que também podem receber o imunizante produzido pelo Butantan.

Leia também:

Fique atento!

Fabricantes recomendam que a 2ª dose da CoronaVac deve ser aplicada em um intervalo de quatro semanas após a primeira aplicação. As vacinas da AstraZeneca/Oxford e a da Pfizer, em 12 semanas.

O Ministério da Saúde orienta a população a tomar a segunda dose da vacina mesmo após estes prazos.

Butantan paralisa fabricação da vacina CoronaVac após falta de insumos

O Instituto Butantan anunciou semana passada que paralisou a produção da vacina CoronaVac após a falta de matéria-prima. O Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), material base para a fabricação do imunizante, vem da China e houve um atraso no envio das últimas remessas.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse que o laboratório aguardava a liberação do envio de 3 mil litros até esta quinta (13), mas até o momento, não há previsão de que a entrega vai ser autorizada e a produção da Coronavac vai ser retomada.

Para saber mais, acesse a matéria do Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos