Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.316,84
    -226,80 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Mais de 45 mil empresas brasileiras compraram criptomoedas, revela Receita Federal

Aplicativo da Receita Federal do Brasil ao lado de criptomoedas
Aplicativo da Receita Federal do Brasil ao lado de criptomoedas

O número de empresas que declararam operações com criptomoedas no Brasil voltou a subir em novembro de 2022, segundo informações divulgadas pela Receita Federal do Brasil (RFB).

O recorde de declarações por empresas tem aumentado mês a mês, de acordo com a RFB, que liberou novas informações na última segunda-feira (2).

Assim, fica claro que a adoção institucional segue crescendo no Brasil, ainda que o volume negociado no país esteja diminuindo.

Novo recorde de empresas declarando operações com criptomoedas no Brasil em novembro de 2022

Desde abril de 2022, quando o número de CNPJs únicos que declararam suas operações de criptomoedas para a Receita Federal superou a marca de 30 mil registros únicos, o Brasil acompanha a alta nos investimentos feitos por empresas.

Os últimos dados revelados agora, de novembro de 2022, mostram que a alta nos investimentos seguem crescendo e buscam se consolidar acima de 40 mil registros únicos.

O novo recorde, de 45.486 empresas declarando operações com criptomoedas, mostram que o interesse no setor segue em alta.

Receita Federal do Brasil revela que empresas continuam comprando muitas criptomoedas em novembro de 2022
Receita Federal do Brasil revela que empresas continuam comprando muitas criptomoedas em novembro de 2022

O número de CPFs, que representam as pessoas físicas, contudo, recuou e apresenta 1.163.663 de declarações enviadas no mês de novembro. Assim, registrou o menor valor desde julho de 2022.

Vale lembrar que no período de novembro do último ano, os mercados globais reagiam a quebra da FTX. Como a corretora também atuava no Brasil e deixou um rastro de prejuízos, pode ter afetado no número de declarações enviadas.

Volume de declarações em novembro de 2022 é o menor desde dezembro de 2020

Outro dado revelado pela Receita Federal sobre o mercado de criptomoedas ainda na reta final de 2022 envolve o volume das declarações.

Assim, com um total geral de declarações em 11,365 milhões de reais, tudo indica que o uso de corretoras foi menor no país durante o mês de novembro. Não está claro se o receio com o mercado, que via a quebra de uma das maiores corretoras, levou investidores a recuar em suas operações.

Volume de declarações cai em novembro de 2022, revelam dados da RFB
Volume de declarações cai em novembro de 2022, revelam dados da RFB

De qualquer forma, o volume de declarações é o menor desde dezembro de 2020, quando brasileiros declararam R$ 10.540 milhões em suas operações.

Por fim, com relação às criptomoedas mais negociadas, o Tether (USDT) segue na primeira colocação. Em seguida, o bitcoin continua como segundo preferido dos brasileiros, assim como foi nos últimos meses.

Criptomoedas mais declaradas por brasileiros em novembro de 2022 para a Receita Federal do Brasil
Criptomoedas mais declaradas por brasileiros em novembro de 2022 para a Receita Federal do Brasil

Fonte: Livecoins

Veja mais notícias sobre Bitcoin. Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.