Mercado fechado

Mais de 40 aparelhos Huawei atuais devem receber o novo sistema Harmony OS

Rubens Eishima
·2 minuto de leitura

A proibição de uso dos aplicativos do Google tem afetado cada vez mais a venda de celulares Huawei no ocidente. Uma das soluções em desenvolvimento pela empresa para contornar esse cenário é seu próprio sistema operacional, o Harmony OS (também conhecido como Hongmeng), que será oferecido como atualização para aparelhos que saíram de fábrica com o Android. Segundo o site Huawei Central, mais de 40 aparelhos devem receber a solução caseira da Huawei, incluindo alguns celulares intermediários.

A lista não tem confirmação oficial, mas se baseia em uma série de pistas divulgadas anteriormente. Espera-se que a Huawei lance seu primeiro smartphone com o Harmony ainda em 2021, mas proprietários de modelos atuais terão a possibilidade de usar o novo sistema.

O Huawei Central publicou que o Harmony deve ser testado apenas na China, a princípio, para depois ser oferecido em outros mercados. A lista dos modelos que devem contar com o sistema operacional inclui não apenas smartphones, como também tablets e smartwatches.

Além disso, ela inclui aparelhos vendidos pela marca Honor — subsidiária da Huawei que também utiliza os serviços HMS e a personalização EMUI. A venda da empresa é apontada como certa por veículos de imprensa na China e no ocidente, o que a princípio não impede a adoção do novo sistema, pelo menos entre os modelos já no mercado.

Smartphones Huawei:

Smartphones Honor:

Wearables:

Tablets:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: