Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.301,03
    -308,93 (-0,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Mais de 100 imigrantes são socorridos na costa norte da França

·1 minuto de leitura
(Arquivo) Migrantes iraquianos, iranianos e afegãos desembarcam de um navio do serviço francês de salvamento marítimo, após serem resgatados no Canal da Mancha, em 15 de setembro de 2021, em Calais, norte da França (AFP/Bernard Barron)

Cerca de 100 imigrantes foram resgatados no fim de semana no norte da França, a caminho do Reino Unido pelo Canal da Mancha - informaram autoridades francesas.

Cerca de 20 migrantes, que estavam em dificuldades, foram resgatados no sábado (25) na costa de Dunquerque (norte), disse a administração marítima do norte da França na noite de ontem.

Na madrugada de domingo, "pelo menos 40 náufragos", alguns deles com "um leve estado de hipotermia", também foram ajudados no Estreito de Calais, na costa de Sangatte, disse.

Um terceiro grupo de 30 pessoas foi resgatado na mesma região. Todos foram levados para a França, e atendidos pela Guarda de Fronteira e por bombeiros.

Desde o final de 2018, os migrantes tentam atravessar o Canal da Mancha para chegar à costa do Reino Unido, apesar dos avisos das autoridades sobre o perigo.

De acordo com a autoridade marítima Philippe Dutrieux, este ano, cerca de 15.400 migrantes tentaram esta travessia até 31 de agosto e foram transferidos para a França. Em 2020, eram 9.500, contra 2.300 em 2019, e 600, em 2018.

Nas últimas semanas, esse fenômeno gerou tensões entre França e Reino Unido. Londres acusa Paris de não fazer o suficiente para evitar este fluxo e anunciou sua intenção de devolver as embarcações para a costa francesa.

No fim de semana, as forças de segurança prenderam dois homens suspeitos de organizar a travessia de cerca de 30 migrantes localizados em uma praia perto da Baía do Somme.

Um dos detidos, de nacionalidade iraquiana, reconheceu ter transportado migrantes que pretendiam chegar à Inglaterra. O segundo, de origem polonesa, transportava em seu veículo o material necessário para fazer isso, segundo a prefeitura de Pas de Calais.

bj/tjc/meb/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos