Mercado fechará em 2 h 48 min
  • BOVESPA

    112.120,66
    -490,99 (-0,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.258,36
    -207,66 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,62
    +1,01 (+1,17%)
     
  • OURO

    1.783,90
    -11,10 (-0,62%)
     
  • BTC-USD

    37.181,96
    +661,55 (+1,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    842,18
    -0,27 (-0,03%)
     
  • S&P500

    4.355,02
    +28,51 (+0,66%)
     
  • DOW JONES

    34.172,00
    +11,22 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.445,79
    -108,52 (-1,44%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.111,00
    +124,25 (+0,89%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0230
    -0,0010 (-0,02%)
     

Maiores acionistas da Volkswagen consideram vender fatia para comprar participação na Porsche, diz jornal

·1 min de leitura

BERLIM (Reuters) - As famílias Porsche e Piech, que controlam o maior acionista da Volkswagen, estão considerando vender parte de sua participação na montadora e usar os recursos para comprar um número substancial de ações da Porsche, informou o jornal alemão Handelsblatt nesta terça-feira.

As famílias, que possuem 31,4% das ações da Volkswagen e 53,3% dos direitos de voto através da Porsche Automobil Holding, venderiam ações suficientes para levantar cerca de 15 bilhões de euros (16,86 bilhões de dólares), disse o jornal. Elas permaneceriam como os maiores acionistas da Volkswagen, à frente do Estado alemão da Baixa Saxônia, acrescentou o Handelsblatt.

A Porsche Automobil Holding e a Volkswagen não comentaram. As ações da Volkswagen subiram até 8,3% após a notícia.

Pessoas familiarizadas com o assunto disseram à Reuters em maio que as famílias estavam preparadas para assumir uma participação direta na Porsche caso a montadora de carros de luxo fosse listada separadamente.

Tal movimento afrouxaria o controle das famílias sobre a Volkswagen, em favor da propriedade direta da Porsche.

As especulações sobre uma listagem da Porsche no início deste ano incluíram estimativas de uma avaliação entre 45 bilhões e 90 bilhões de euros.

A Manager Magazin disse em outubro que o Goldman Sachs e o escritório de advocacia Freshfields estavam entre os consultores trabalhando em uma possível listagem da Porsche.

O presidente-executivo da Volkswagen, Herbert Diess, afirmou em 28 de outubro que a empresa estava constantemente revisando seu portfólio, mas não forneceu mais comentários.

Diess provavelmente continuará como presidente-executivo da montadora alemã, embora ceda algumas responsabilidades após um confronto com líderes sindicais, disseram à Reuters duas fontes familiarizadas com o assunto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos