Mercado fechado

Maior feira do setor sucroenergético adia sua 28ª edição devido à pandemia

MARCELO TOLEDO

FOLHAPRESS - A Fenasucro (Feira Internacional da Bioenergia), maior evento do setor sucroenergético no país, transferiu a sua 28ª edição, que seria realizada em agosto, para 2021, devido à pandemia do novo coronavírus.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (3), após decisão tomada pela Reed Exhibitions, organizadora do evento, em parceria com o Ceise-BR (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis).

A feira, que é sediada em Sertãozinho (a 333 km de São Paulo), movimentou cerca de R$ 4 bilhões em intenções de negócios e reuniu 40 mil pessoas em 2019, ancorada no Renovabio, programa que determina que vendedores de derivados de petróleo comprem dos produtores de biocombustíveis certificados de descarbonização.

"A escolha de adiar o evento acontece diante da análise de um cenário atípico e ainda altamente imprevisível, tendo como principais objetivos resguardar a saúde e a integridade de visitantes, expositores e parceiros, assim como responder de forma adequada aos impactos econômicos da pandemia, que afeta indiscriminadamente todos os setores da economia", informaram em comunicado as empresas.

O evento de 2021 está marcado para o período entre 17 e 20 de agosto.