Mercado abrirá em 2 h 37 min
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,69
    +0,23 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.772,70
    +5,90 (+0,33%)
     
  • BTC-USD

    60.946,73
    -1.961,95 (-3,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.356,26
    -24,69 (-1,79%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    7.033,02
    +49,52 (+0,71%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    13.991,75
    -22,25 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7256
    +0,0045 (+0,07%)
     

Maior fabricante da Apple alerta que estão faltando materiais

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
A fachada de um prédio com o letreiro:
Fábrica da Foxconn. (Foto: SAM YEH/AFP via Getty Images)
  • Foxconn anunciou queda de 4% no lucro do último trimestre do ano passado.

  • Queda é em comparação ao mesmo período do ano anterior.

  • Empresa taiwanesa é maior fornecedora da Apple.

A Foxconn, gigante taiwanesa fabricante de aparelhos eletrônicos, que fornece para outras empresas, entre elas a Apple, anunciou resultados financeiros e soou um alarme para o mercado de tecnologia.

Leia também:

A Foxconn revelou uma queda no lucro no último trimestre do ano passado, e afirmou que os impactos foram causados pela continuidade dos efeitos da pandemia da COVID-19 sobre a economia.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O lucro líquido foi de cerca de US$ 1,61 bilhão entre outubro e dezembro, uma queda de 4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

As informações são da agência de notícias Reuters.

Mas, além do prejuízo, a Foxconn soou também um outro alerta: para a escassez de elementos importantes na cadeia de suprimentos de chips.

Segundo a empresa, essa escassez pode seguir impactando a performance da empresa, por pelo menos mais um ano.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube