Mercado fechado
  • BOVESPA

    99.852,67
    +27,73 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.780,72
    -235,51 (-0,49%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,54
    +0,98 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.839,70
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    20.487,49
    -180,10 (-0,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    436,66
    +3,73 (+0,86%)
     
  • S&P500

    3.674,84
    +8,07 (+0,22%)
     
  • DOW JONES

    29.888,78
    -38,32 (-0,13%)
     
  • FTSE

    7.121,81
    +105,56 (+1,50%)
     
  • HANG SENG

    21.163,91
    +88,91 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    25.771,22
    -191,78 (-0,74%)
     
  • NASDAQ

    11.413,00
    +116,25 (+1,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4406
    +0,0304 (+0,56%)
     

Maior avião do mundo completa 7º teste de voo e alcança recorde de altitude

A plataforma de lançamento Roc, da Stratolaunch, completou seu sétimo voo de teste no dia 16 de junho, a partir do deserto de Mojave, na Califórnia. Em nota, a empresa informou que a aeronave, a maior do mundo em termos de envergadura, voou durante 3 horas e atingiu um novo recorde de altitude.

O Roc, que em breve será usado para transportar aeronaves hipersônicas desenvolvidas pela própria Stratolaunch, atingiu uma altitude de 8.200 metros. O sétimo teste serviu para continuar a expansão do “envelope de voo” da aeronave, como a adição de um pilão na asa central

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O pilão é o ponto de fixação para os veículos hipersônicos que serão transportados pelo Roc. Há mais de uma semana a empresa realizou o sexto teste de voo com a nave, mas a operação terminou antes do tempo por conta de “resultados inesperados”, que não foram detalhados pela Stratolaunch.

O Roc tem uma envergadura de 117 metros, e foi desenvolvido para levar cargas a grande altitude. Entre elas, está o Talon-A, um protótipo de veículo supersônico de 8,5 metros de comprimento também desenvolvido pela Stratolaunch, projetado para atingir uma velocidade de até seis vezes a velocidade do som (Mach 6).

A empresa continua o desenvolvimento do Talon-A com a esperança de realizar voos operacionais já em 2023. Além disto, a Stratolaunch tem avançado na integração do sistema do primeiro veículo de teste de voo hipersônico, TA-1, e na produção de um terceiro veículo, o TA-2 — o primeiro reutilizável.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos