Mercado abrirá em 8 h 27 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +0,46 (+0,71%)
     
  • OURO

    1.686,30
    +8,30 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    53.812,19
    +3.423,91 (+6,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.086,10
    +61,90 (+6,04%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.719,13
    +88,61 (+1,34%)
     
  • HANG SENG

    28.924,92
    +384,09 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    28.986,25
    +243,00 (+0,85%)
     
  • NASDAQ

    12.440,50
    +143,25 (+1,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9718
    +0,0120 (+0,17%)
     

Maia diz que discussão sobre impeachment de Bolsonaro é 'inevitável' no futuro

Thiago Herdy
·1 minuto de leitura
Agência Câmara

SÃO PAULO - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse considerar inevitável a discussão sobre um pedido de impeachment contra Bolsonaro, mas apenas no futuro. Segundo ele, só não é agora porque a prioridade é retomar os trabalhos na Casa em tempos de pandemia.

— Esse tema de forma inevitável será discutido pela casa no futuro. Temos de focar no principal, que agora é salvar o maior número de vidas, mesmo sabendo que há uma desorganização e uma falta de comando por parte do Ministério da Saúde — disse.

Maia defendeu a volta aos trabalhos imediata do Congresso, para com isso “cobrar do ministro (da Saúde, Eduardo Pazuello), e cobrar da Anvisa uma posição transparente em relação à autorização das vacinas, cobrar da Casa Civil qual é a coordenação, cobrar dos ministros da Saúde e da Economia (Paulo Guedes)”.

— Não deveríamos ter parado desde o início do ano. Deveríamos retomar os trabalhos rapidamente, mesmo que por meio da comissão representativa, e depois discutir outros temas — disse.