Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,55
    +0,11 (+0,13%)
     
  • OURO

    1.764,60
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    62.134,65
    +630,38 (+1,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.446,47
    -5,16 (-0,36%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    15.292,25
    +1,75 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4013
    +0,0098 (+0,15%)
     

Magazine Luiza é a empresa que mais investe em startups na América Latina

·2 minuto de leitura

A brasileira Magazine Luiza é a empresa que mais comprou startups na América Latina, de acordo com um relatório da Sling Hub, plataforma de inteligência de dados em inovação. A argentina Mercado Livre também está na lista, ao lado de outras sete companhias brasileiras como B2W (Americanas), Locaweb e Méliuz.

O estudo reúne dados de 24.409 startups e 656 investidores em países como Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru e Uruguai. Os dados apontam para um recorde neste ano na região. Até agosto, 195 startups latinas entraram em processos de fusão e aquisição. No ano passado, ocorreram 200 acordos desse tipo, e 83% das startups adquiridas foram brasileiras.

A Magazine Luiza, ou Magalu, investiu bastante em empresas e startups no último ano e meio, ao se tornar dona de 5 delas. Entre outros motivos para isso, a rede de lojas nutre o plano de criar um "superapp", isto é, um aplicativo que concentra serviços de diversos setores, como ocorre no Facebook ou em gigantes chinesas do comércio digital como Baidu e WeChat.

Centro de distribuição do Mercado Livre (Imagem: Divulgação/Mercado Livre)
Centro de distribuição do Mercado Livre (Imagem: Divulgação/Mercado Livre)

Em julho o grupo anunciou a compra do Kabum!, um dos maiores e-commerces de tecnologia e games do país. A aquisição foi a maior já feita pela rede varejista. A operação custou R$ 1 bilhão à vista mais transferência de ações do Magazine Luiza.

Veja o ranking de maiores investidoras de startups da Sling Hub:

  • Magazine Luiza (Brasil): 25 startups

  • Linx (Brasil): 17 startups

  • Locaweb (Brasil): 16 startups

  • iFood (Brasil): 13 startups

  • B2W Digital (Brasil): 11 startups

  • VTEX (Brasil): 9 startups

  • Accenture: (Irlanda): 7 startups

  • Afya Limited (Brasil): 7 startups

  • Méliuz (Brasil): 7 startups

  • Mercado Livre (Argentina): 7 startups

Outros dados do estudo são:

  • O Brasil concentra 77% das startups da América Latina — 17.987, ou uma para cada 12 mil habitantes. É a maior concentração por habitante da região, seguida de Chile (17 mil) e do Uruguai (22 mil);

  • O investimento em startups brasileiras foi de US$ 569 milhões em 2016 para US$ 9,238 bilhões em 2021, até agora — um crescimento de 16,2 vezes;

  • Atualmente na América Latina, 60% dos unicórnios (startups que valem US$ 1 bilhão) são brasileiros (21 dos 34 da região);

  • A telecom japonesa SoftBank é a que mais investe nos unicórnios latinos, participando de aportes em 13 dos 34 startups da região nesse recorte.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos