Mercado abrirá em 2 mins
  • BOVESPA

    106.667,66
    +293,79 (+0,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.232,20
    -741,07 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,57
    +1,14 (+1,33%)
     
  • OURO

    1.818,70
    +6,30 (+0,35%)
     
  • BTC-USD

    41.963,32
    +145,46 (+0,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    995,65
    -13,74 (-1,36%)
     
  • S&P500

    4.577,11
    -85,74 (-1,84%)
     
  • DOW JONES

    35.368,47
    -543,34 (-1,51%)
     
  • FTSE

    7.584,81
    +21,26 (+0,28%)
     
  • HANG SENG

    24.127,85
    +15,07 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    27.467,23
    -790,02 (-2,80%)
     
  • NASDAQ

    15.257,25
    +51,25 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3215
    +0,0144 (+0,23%)
     

Magalu lança marca de roupas; veja preços

·2 min de leitura
Vista Magalu (Imagem: Divulgação)
Vista Magalu (Imagem: Divulgação)
  • Primeira coleção conta com com roupas unissex, preço baixo, e numerações do PP ao G4

  • Com uma coleção fixa, tendências e inovações virão de coleções mensais

  • Empresa respira sustentabilidade do algodão da roupa à embalagem que a embrulha

A Magazine Luiza, gigante do comércio brasileiro, anunciou sua marca própria: a Vista Magalu. De acordo com a própria empresa, a nova marca irá agregar diversidade, pluralidade e sustentabilidade à moda brasileira.

Com o objetivo de fazer roupas que podem ser destinadas tanto para homens quanto para mulheres, para todos os corpos (suas numerações vão do PP ao G4) a Vista Magalu visa uma moda de constante transformação, democrática e inclusiva.

Seus preços também mostram a preocupação da marca com ser acessível ao bolso do brasileiro: a peça mais cara custa R$159,99. A ideia é manter uma linha de peças básicas fixas, alternando mensalmente coleções cápsulas que trarão as maiores tendências da moda ao armário do consumidor.

Leia também:

Para melhorar, todas as peças serão feitas de algodão com certificação BCI (Better Cotton Initiative, ou Iniciativa por um Algodão Melhor em tradução livre), que garante procedência de bons tratos ecológicos e trabalhistas no plantio e colheita do algodão. A BCI faz parte da WWF (World Wide Fund for Nature ou Fundo Mundial para a Natureza), uma das maiores ONGs do mundo nas áreas de conservação e recuperação ambiental. Além disso, a embalagem das roupas é feita a partir de material biodegradável, e a etiqueta das roupas possui o telefone 180, canal de denúncias de violência contra mulher.

No comunicado à imprensa, Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magalu, declarou que a marca surgiu do anseio de ajudar na construção do que se espera de uma nova moda, visto que o “consumidor não quer apenas comprar roupas”, afirma Luiza.

A primeira coleção já está à venda no SuperApp da Magalu ou no site. As novidades poderão ser acompanhadas no Instagram da marca.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos