Mercado fechará em 6 h 57 min
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,27
    +0,04 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.765,60
    -13,20 (-0,74%)
     
  • BTC-USD

    43.594,13
    +1.403,79 (+3,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.093,67
    +53,19 (+5,11%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.079,32
    -4,05 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.227,50
    +64,00 (+0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2153
    +0,0065 (+0,10%)
     

Magalu lança maquininha, conta corporativa e rede de crédito para marketplace

·2 minuto de leitura

Os 90 mil vendedores do marketplace do Magalu acabam de receber um conjunto de ferramentas financeiras: três modelos de maquininhas de pagamento com cartão, as Magalupay. A Mini é voltada a microempreendedores, a Super é para estabelecimentos maiores e a Smart funciona como sistema de gestão do negócio (com atualização automática de estoque).

Não há cobrança de aluguel para as maquininhas e todas estão disponíveis para CPFs e CNPJs. “A tecnologia das maquininhas vai ajudar a melhorar muito as vendas, no on e no offline, enquanto leva omnicanalidade para dentro do negócio”, afirma Robson Dantas, diretor de Fintech do Magalu.

Todos os modelos permitem pagamento por aproximação e funcionam sem bobina de papel. A Mini custa R$ 199, a Super sai por R$ 299 e a Smart é vendida por R$ 499. Todos os modelos foram apresentados durante a Expo Magalu e os participantes podem comprá-las com 50% de desconto nesta terça-feira (17).

Imagem: Divulgação/Magalu
Imagem: Divulgação/Magalu

Conta digital empresarial e sistema de crédito

Além das maquininhas, o Magalu agora tem conta digital empresarial e sistema de crédito para os parceiros. Os vendedores terão acesso a uma conta digital PJ 100% gratuita — com a qual o sistema das maquininhas é integrado.

Ela permite Pix ilimitados, TEDs, pagamentos de boletos e depósito de recebíveis. Os clientes recebem um cartão de crédito que também pode ser usado fora do ecossistema do Magalu.

Já o sistema de crédito da companhia vai oferecer empréstimos para aqueles que quiserem investir no negócio. Não há pedido de garantia, as taxas de juros são competitivas e o pagamento da primeira parcela pode ser feito em 60 dias. “Criamos um produto fácil, ágil e com muitas vantagens”, afirma Dantas.

Os parceiros do Magalu foram responsáveis por vendas de R$ 3 bilhões só no segundo trimestre deste ano. Entre abril e junho, 23 mil novos vendedores chegaram ao marketplace.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos