Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    53.792,71
    -1.013,91 (-1,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,81 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,68 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3162
    +0,0780 (+1,25%)
     

Magalu anuncia investimento no mercado nacional de games

·2 min de leitura

O grupo Magalu, que abriga o maior ecossistema de varejo no Brasil e também é dono de portais como Canaltech e Jovem Nerd, anunciou nesta quinta-feira (18) uma divisão focada em jogos eletrônicos, chamada Magalu Games. A empresa também lançou uma chamada pública de apoio financeiro e mentoria a estúdios independentes em parceria com o BIG Festival, maior evento de games indie da América Latina.

Inicialmente, o braço de jogos da empresa atuará na publicação e na promoção de games no SuperApp do Magalu. A ideia é que os jogos tragam benefícios aos clientes, como programas de cashback (retorno de dinheiro).

Já a parceria com o BIG Festival consiste em apoiar o desenvolvimento de jogos “hipercasuais”, ou seja, de “passatempo”. Serão pelo menos R$ 100 mil investidos em duas categorias de seleção: uma para games que ainda estão em produção, mas não são jogáveis; e outra para títulos já jogáveis, mas ainda não lançados.

Registro da última edição presencial do BIG Festival, em 2019 (Foto: Divulgação/BIG Festival)
Registro da última edição presencial do BIG Festival, em 2019 (Foto: Divulgação/BIG Festival)

Na chamada de jogos ainda em produção, o BIG Festival selecionará até nove projetos; para os prontos, não há limite determinado. Além de investir no desenvolvimento de demos (pequenas partes de jogos gratuitas para teste) e na melhoria dos próprios jogos, o Magalu colocará à disposição dos estúdios o seu ecossistema de empresas e plataformas, como o de marketing digital Magalu Ads e os portais Canaltech e Jovem Nerd.

“O mercado gamer é enorme e cresce muito ano após ano, no Brasil e no mundo”, afirma em comunicado à imprensa Thiago Catoto, diretor do Luizalabs, braço de inovação e tecnologia da empresa. Ele conclui: "Acreditamos que o país tem grande potencial não só como consumidor, mas como indústria produtora de games. Queremos impulsionar esses negócios e aproveitar as várias congruências que eles têm com o ecossistema Magalu.”

Já Gustavo Steinberg, diretor do BIG Festival, comenta sobre a nova oportunidade para o mercado nacional de games: “As chamadas foram desenvolvidas levando em consideração diversas pesquisas realizadas com os estúdios que enviaram jogos ao BIG Festival nos últimos anos. Identificamos diversos gargalos apontados principalmente pelos estúdios brasileiros, que têm muita dificuldade de acesso a recursos para desenvolvimento, promoção e melhoria de seus jogos. As chamadas procuram atender justamente essas demandas, mantendo uma participação justa dos estúdios nos resultados dos jogos".

Para se inscrever gratuitamente, basta acessar este link. Além da parceria, as inscrições para participar da 10ª edição do BIG Festival estão abertas até o dia 28 de fevereiro de 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos