Mercado abrirá em 4 h 25 min

Mãe de Arcrebiano inverte orações pelo filho: "Votem para ele sair"

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
A mãe de Bill ficou famosa pelas orações (Foto: Reprodução/Instagram/Globo)
A mãe de Bill ficou famosa pelas orações (Foto: Reprodução/Instagram/Globo)

Ana Araújo, mãe de Arcrebiano, ficou famosa por suas orações pelo filho. Ela já intercedeu para que ele se salvasse do paredão, atendesse o Big Fone e se afastasse de Karol Conká. Todas surtiram efeito. Nesta terça-feira (8), no entanto, a mãe do modelo inverteu a ordem de prioridades e anunciou que está orando para que Bill seja eliminado do ‘BBB 21’.

“Bom dia amigos do Bill Araújo. Passando aqui para pedir a vocês o melhor prêmio para o meu filho: a saída dele da casa. O meu filho não precisa passar por tudo aquilo. O meu filho vai sair de cabeça erguida. O Brasil tá vendo tudo isso. Se vocês amam e apoiam o meu filho, votem para ele sair hoje por favor”, escreveu Ana.

Leia também:

A goiana ainda agradeceu a Deus e aos fãs do modelo pelo carinho que tem recebido nas redes sociais.

Karol Conká foi quem motivou Ana a desistir de votar para seu filho permanecer na casa. A cantora ficou com Bill depois de muita insistência e acabou infernizando a vida dele depois disso. Na noite desta segunda-feira (8), Karol fez cobranças ao boy, disse que ele ativou gatilhos de relacionamentos abusivos e o acusou de ser um “homem pela metade”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Arcrebiano afirmou que também tem um passado difícil, falou que Karol o colocou contra a casa inteira, mas não encontrou forças para dizer que muito do que se ouvia ali eram criações dela.

A cantora já havia inventado que Bill queria ser sustentado por ela. Em conversas com outros brothers, ela disse que ele foi quem forçou para que a relação acontecesse e o chamou de abusivo. Como se não bastasse, Karol criticou seu beijo e envolveu pautas raciais no debate.

Com medo de ser visto como machista, abusivo e racista, o modelo não conseguiu rebater aos ataques. O público notou a pressão psicológica e lamentou a “falta de reação” que a rapper provocou no participante. “Amanhã quero sair desse programa de cabeça erguida, estou doido pra sair desse programa, estou maluco já, não estou aguentando mais isso aqui. Tenho meu trabalho lá fora, eu era uma pessoa anônima, ninguém me conhecia e eu era muito feliz, agora estou triste”, disse ele.