Mercado abrirá em 5 h 48 min
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,64
    -0,12 (-0,14%)
     
  • OURO

    1.806,90
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    62.274,92
    +427,12 (+0,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.497,49
    +1.254,81 (+517,07%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    25.946,52
    -185,51 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.119,24
    +518,83 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.572,50
    +76,75 (+0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4331
    -0,0032 (-0,05%)
     

Macron fará ligação com Joe Biden para tratar da crise dos submarinos, diz porta-voz francês

·1 minuto de leitura

Por Gus Trompiz

PARIS (Reuters) - O presidente francês Emmanuel Macron fará uma ligação com o presidente dos EUA, Joe Biden, nos próximos dias, disse o porta-voz do governo francês neste domingo, em meio a uma crise diplomática desencadeada pelo cancelamento pela Austrália de um contrato de fornecimento de submarinos com Paris.

A França disse na sexta-feira que estava chamando de volta seus embaixadores de Washington e Canberra por conta de um acordo de segurança trilateral envolvendo também a Grã-Bretanha, que acabou por cancelar a encomenda multibilionária de submarinos franceses.

"O presidente Biden pediu para falar com o presidente da República e haverá uma conversa telefônica nos próximos dias entre o presidente Macron e o presidente Biden", disse o porta-voz Gabriel Attal ao canal de notícias BFM TV.

A França buscará "esclarecimentos" sobre o cancelamento do acordo de submarinos, disse Attal.

O cancelamento do contrato, fechado em 2016, causou fúria em Paris, que afirma não ter sido consultada por seus aliados. O governo australiano, no entanto, diz que deixou claras suas preocupações durante meses.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos