Mercado abrirá em 4 mins
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,60
    +0,13 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.893,60
    +2,90 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    22.741,43
    -430,21 (-1,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,97
    -12,92 (-2,41%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.940,35
    +55,18 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    21.624,36
    +340,84 (+1,60%)
     
  • NIKKEI

    27.584,35
    -22,11 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    12.686,50
    +141,25 (+1,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5809
    +0,0135 (+0,24%)
     

Machos deste inseto têm "vagina" e as fêmeas têm "pênis"

O mundo animal é imprevisível, e algumas espécies se destacam pela excentricidade. É o caso de um piolho específico da família Neotrogla que, conforme indica um novo estudo publicado na revista Royal Society Open Science na última quarta-feira (11), apresenta uma genitália "invertida", ou seja: os machos contam com uma cavidade, enquanto as fêmeas possuem uma protuberância.

A estrutura semelhante a um pênis é chamada de ginossoma, e a fêmea usa para enganchar e aspirar o esperma do macho. No entanto, não se trata de um pseudo-pênis. Os pesquisadores apontaram que essa ginossoma é "um órgão mais complexo com músculos e tubos específicos para corresponder ao seu propósito único de sucção".

Usando ganchos na base do ginossomo, as fêmeas podem se agarrar aos machos por um tempo de até 70 horas. Esse conjunto de músculos ajuda o ginossomo a se desenrolar e entrar no macho, onde se infla com qualquer sêmen que suga. Outro conjunto de músculos então contrai o órgão para que ele possa depositar o esperma em armazenamento dentro do corpo da fêmea.

Piolho da família Neotrogla tem genitália invertida (Imagem: Yoshizawa et al, 2023)
Piolho da família Neotrogla tem genitália invertida (Imagem: Yoshizawa et al, 2023)

O artigo aponta que as fêmeas podem estocar o dobro da quantidade de esperma, e que esse armazenamento extra pode fornecer uma pista do comportamento sexual dos insetos.

Segundo os especialistas, o esperma vem embalado em espermatóforos cheios de nutrientes, e em ambientes carentes de recursos (como é o caso das cavernas, o habitat dessa espécie, que está diretamente relacionada com os morcegos), esses nutrientes podem servir a outro propósito vital.

Na análise em questão, as fêmeas foram observadas extraindo os nutritivos pacotes de esperma mesmo quando eram jovens demais para se reproduzir. Com isso, a teoria é que o órgão evoluiu ao longo do tempo para receber mais nutrição.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: