Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.512,38
    +480,38 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.801,68
    +163,28 (+0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,95
    +0,42 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.790,30
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    23.914,41
    -155,63 (-0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    569,15
    -2,76 (-0,48%)
     
  • S&P500

    4.305,20
    +8,06 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.152,01
    +239,61 (+0,71%)
     
  • FTSE

    7.536,06
    +26,91 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    19.830,52
    -210,38 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,89 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.644,00
    -14,25 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2320
    +0,0535 (+1,03%)
     

MacBook Air mais barato com M2 tem SSD mais lento que modelo com M1

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

As primeiras impressões e análises do novo MacBook Air com M2 foram ao ar nesta quinta-feira (14) e mostram que, assim como o novo MacBook Pro, a opção mais barata do MacBook Air com chip mais recente sofre com SSD de 256 GB mais lento que a geração anterior.

Como destacado pelo The Verge, "o armazenamento de 256 GB do Air mais barato é alocado em um único chip NAND em vez de dois como nos modelos M1 ou novos modelos M2 com 512 GB de armazenamento ou mais."

Opção de 256 GB do novo MacBook Air tem SSD mais lento que geração anterior (Foto: Divulgação/Apple)
Opção de 256 GB do novo MacBook Air tem SSD mais lento que geração anterior (Foto: Divulgação/Apple)

A escolha implementada pela Apple no MacBook Air e Pro com M2 de 256 GB resulta em pior desempenho para leitura e gravação de dados no dispositivo.

Testes realizados pelo 9to5Mac com um MacBook Pro mostram que o modelo base com M1 atinge 2.900 MB/s de leitura e 2.215 MB/s de escrita, enquanto o MacBook Pro base com M2 entrega apenas 1.446 MB/s de leitura e 1.463 MB/s de escrita, quase metade do desempenho.

Isso acontece porque a Apple agora utiliza apenas um chip de armazenamento em vez de dois. Assim, em vez de duas vias para tráfego simultâneo, dados passam por apenas uma via resultando em velocidades menores.

Novo MacBook Air com M2 chega aos consumidores nesta sexta-feira, dia 15 de julho (Imagem: Divulgação/Apple)
Novo MacBook Air com M2 chega aos consumidores nesta sexta-feira, dia 15 de julho (Imagem: Divulgação/Apple)

Tal problema não afeta modelos do MacBook Air e Pro com M2 de maior armazenamento, visto que os modelos com 512 GB oferecem dois chips de 256 GB.

Em declaração ao The Verge, a porta-voz da Apple afirma que o novo chip M2 oferece grande aumento de desempenho para os novos notebooks e que as versões mais baratas destes modelos contam com um único chip NAND de maior densidade. Confira a nota oficial:

Graças aos aumentos de performance do M2, o novo MacBook Air e MacBook Pro de 13 polegadas são incrivelmente rápidos, até comparados com os notebooks Mac com o poderoso chip M1. ‎Esses novos sistemas usam um novo NAND de maior densidade que oferece armazenamento de 256GB usando um único chip. Embora os benchmarks do SSD de 256GB possam mostrar uma diferença em relação à geração anterior, o desempenho desses sistemas baseados em M2 para atividades do mundo real é ainda mais rápido.‎

MacBook Air de 2022 tem visual inspirado no MacBook Pro de 2021, incluindo corpo redesenhado, entalhe na tela e porta MagSafe (Imagem: Divulgação/Apple)
MacBook Air de 2022 tem visual inspirado no MacBook Pro de 2021, incluindo corpo redesenhado, entalhe na tela e porta MagSafe (Imagem: Divulgação/Apple)

O novo MacBook Air tem visual completamente renovado, display de 13,6 polegadas com entalhe no alto da tela, webcam Full HD com Palco Central, porta MagSafe para recarga, duas portas UBS-C Thunderbolt 4 e um conector para fones de ouvido.

O notebook já está disponível no Brasil com preço sugerido de R$ 13.299 pela versão com SSD de 256 GB e R$ 16.299 pela versão com 512 GB.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos