Mercado abrirá em 5 h 26 min
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.220,83 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,61 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,68
    +1,18 (+1,92%)
     
  • OURO

    1.753,60
    +24,80 (+1,43%)
     
  • BTC-USD

    46.183,37
    +1.205,20 (+2,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    921,84
    -11,29 (-1,21%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,63 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    29.449,16
    +468,95 (+1,62%)
     
  • NIKKEI

    29.663,50
    +697,49 (+2,41%)
     
  • NASDAQ

    13.125,50
    +214,50 (+1,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7609
    +0,0026 (+0,04%)
     

M80 | MediaTek lança seu 1º modem 5G com suporte à tecnologia mmWave

Felipe Junqueira
·2 minuto de leitura

A MediaTek anunciou o M80, seu primeiro modem 5G compatível com conexão mais veloz disponível atualmente, o mmWave. É a primeira vez que a fabricante lança um chip com suporte a essa tecnologia, o que deve aumentar a concorrência com a Qualcomm, principalmente entre as fabricantes com forte presença nos EUA.

A empresa já possui chipsets com modem 5G, como os Dimensity 1100 e 1200, mas ambos utilizam apenas a tecnologia sub-6GHz, mais popular, estável e com velocidade máxima um pouco menor do que o mmWave. No caso do M80, trata-se de um modem, que pode ser incluído separadamente nos celulares e traz suporte às duas tecnologias.

O M80 alcança velocidade máxima de 7,67 Gbps em download e até 3,76 Gbps em upload. E também suporta as modalidades 5G Dual SIM, Dual 5G NSA e SA, DSS, dual VoNR, ou seja, pode se conectar a praticamente qualquer rede de banda larga móvel disponível, e leva 5G a até duas linhas em um mesmo aparelho.

Detalhes sobre o modem M80 5G (Imagem: Divulgação/MediaTek)
Detalhes sobre o modem M80 5G (Imagem: Divulgação/MediaTek)

O novo modem 5G da MediaTek pode ser utilizado em celulares, computadores, hotspos e dispositivos IoT. Os primeiros produtos com o chip devem chegar ao mercado nos próximos meses, ainda em 2021.

O que é mmWave?

O 5G possui duas tecnologias diferentes, sendo uma mais veloz, mas com alcance mais limitado, e outra menos veloz, mas bem mais estável. O mmWave só é utilizado em alguns locais dos Estados Unidos, e foi preterido em boa parte do mundo por ser uma conexão considerada fraca, cuja conexão pode se perder com facilidade conforme o usuário se locomove. O sub-6GHz é mais estável, mas não atinge as velocidades tão altas quanto a outra opção.

Como apontou o site Android Police, uma das vantagens do mmWave seria em locais com grande concentração de dispositivos conectados, como estádios ou grandes auditórios, onde banda com baixa frequência pode gerar congestionamento de dados e, consequentemente, perda de velocidade da conexão. Para resolver a questão do alcance limitado, seria necessário instalar muito mais antenas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: