Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    33.230,83
    +941,88 (+2,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Músico revela detalhes sobre animação baseada na banda Gorillaz

·1 minuto de leitura

Desde que nasceu no final dos anos 1990, o Gorillaz sempre trouxe uma proposta de vanguarda, unindo animação e música de uma forma nunca antes vista. Os músicos por trás do grupo, liderados por Damon Albarn, mais conhecido por ser vocalista do Blur, apresentam suas performances, tanto no estúdio quanto ao vivo, como os personagens criados pelo artista Jamie Hewlett — o pai da Tank Girl.

Essa aproximação entre as mídias sempre trouxe a pergunta: quando veremos um longa-metragem de animação com o Gorillaz? Eis que o próprio Albarn, em entrevista ao Radio.com, falou sobre o assunto. Além do documentário Reject False Icons, de 2019, que dá aos fãs uma visão dos bastidores da banda, o músico confirma que há planos para isso.

Neste ano, o Gorillaz voltou às suas raízes e apresentou um projeto audiovisual, unindo suas novas faixas com inserções de imagens. Isso culminou no álbum Song Machine, lançado recentemente como a primeira temporada de uma história completa, contada por meio das canções. “Bem, deveríamos estar fazendo um filme enquanto estávamos fazendo a segunda temporada (de 'Song Machine'). Assinamos contratos, começamos roteiros e outras coisas”, admite Albarn.

“Fazer um filme de animação meio abstrato é um grande risco para um estúdio de cinema porque é muito caro. Se você está contando uma história um pouco obtusa que só às vezes faz qualquer sentido, é bastante difícil. Isso é o que descobrimos", complementa Albarn. Contudo, ele adiantou que a animação de Gorillaz uma hora sai do papel. “Faremos isso, estamos fazendo. Vejo muitas pessoas fazendo vídeos animados atualmente, mas não acho que eles realmente tocam a qualidade dos nossos."

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos