Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    50.030,61
    +230,54 (+0,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Módulos de memória DDR5 já estão prontos para fabricação em massa

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

Módulos de memórias em DDR5 já podem estar próximas de chegar ao consumidor final. Segundo site VideoCardz, ao menos duas fabricantes já disseram ter finalizado a fase de testes e devem começar a produção em massa.

As companhias são Jiahe Jinwei e Netac, ambas do mercado chinês. O processo gira em torno de dois pontos. Como as duas não são fabricantes de chips usados em seus módulos, precisaram esperar a entrega destes componentes, produzidos pela Micron. Assim, elas passaram para a segunda fase: a de testes de seus módulos em placas-mãe de companhias parcerias, como ASUS e MSI.

De acordo com o site, tanto a Jiahe Jinwei quanto a Netac finalizaram os testes sem problemas de compatibilidade com as placas-mãe, o que significa que já podem começar a produção em massa. As memórias em DDR5 já aparecem em chips de GPU em VRAM, mas ainda não contam com módulos para compra separada. Com elas, é possível elevar a frequência do componente próximo a 4.800 MHz, sem a necessidade de overclocking.

Os modelos divulgados pela Jiahe Jinwei oferecem também a capacidade de 32 GB em apenas um canal, com voltagem nominal de 1.1V. Uma das diferenças entre a nova geração para a DDR4 é exatamente a melhoria de eficiência energética. Pelas imagens, é possível ver que o componente terá até um circuíto de controle de energia.

A Sk Hynix também já tinha mostrado um modelo com padrão em DDR5. De acordo com comunicado oficial da marca, suas novas memórias vão oferecer 5.600 Mb/s, o que já é um avanço de 1,8 vezes o que se tem do padrão atual. O padrão DDR5 ainda permite um limite de 6.400 Mb/s, mas as memórias da SK Hynix ainda não chegam lá. A empresa também não começou a fabricação em massa dos seus modelos, o que deve acontecer só no terceiro trimestre.

Tais módulos devem, portanto, chegar ainda este ano ao mercado e serão já compatíveis com processadores Intel Alder Lake, da 12ª geração, também com lançamento esperado para o final do ano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: