Mercado fechará em 3 h 45 min
  • BOVESPA

    109.387,98
    +1.374,51 (+1,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.685,62
    -137,61 (-0,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,97
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.847,00
    +3,80 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    43.251,73
    +840,80 (+1,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.028,94
    +33,68 (+3,38%)
     
  • S&P500

    4.580,50
    +47,74 (+1,05%)
     
  • DOW JONES

    35.335,36
    +306,71 (+0,88%)
     
  • FTSE

    7.558,40
    -31,26 (-0,41%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    15.280,00
    +246,50 (+1,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1493
    -0,0181 (-0,29%)
     

Médica diz que sintomas da ômicron são diferentes da cepa delta

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- Pessoas infectadas pela ômicron na África do Sul apresentam sintomas muito diferentes das que são contagiadas com a cepa delta, disse a médica que alertou cientistas do governo para a possibilidade de uma nova variante.

Most Read from Bloomberg

Pacientes que contraíram a cepa ômicron se queixam de fadiga, dores de cabeça e no corpo e ocasionais dores de garganta e tosse, disse Angelique Coetzee, que também é presidente da Associação Médica Sul-Africana. As infecções causadas pela delta, em comparação, causaram pulsações elevadas, baixos níveis de oxigênio e perda de olfato e paladar, afirmou.

Depois de semanas sem quase nenhum paciente de Covid em seu consultório em Pretória, a capital e epicentro do atual surto na África do Sul, Coetzee disse que, de repente, começou a ver pacientes reclamando desses sintomas em 18 de novembro. Ela imediatamente informou o Conselho Consultivo Ministerial do governo para a Covid- 19 e, na semana seguinte, os laboratórios identificaram uma nova variante, explicou.

“Eu disse que esses sintomas diferentes não poderiam ser da delta, eram muito semelhantes à beta, ou deveriam ser uma nova cepa”, disse em entrevista na segunda-feira. A médica não descarta que a variante causará certo impacto, “mas acredito que será uma doença leve, espero. Por enquanto, estamos confiantes de que podemos lidar com isso”.

A África do Sul anunciou a identificação de uma nova variante em 25 de novembro e disse que alguns casos foram identificados antes no Botswana e depois em Tshwane, a área municipal em que Pretória está localizada. O anúncio causou pânico global, abalou os mercados e resultou na proibição de viagens com origem em países do sul da África.

Cientistas que assessoraram o governo da África do Sul disseram em coletiva de imprensa na segunda-feira que, embora a ômicron pareça ser mais transmissível, os casos parecem muito leves.

Os pacientes de Coetzee são relativamente jovens. Um paciente vacinado, de 66 anos, testou positivo na segunda-feira, mas apresentava sintomas leves, disse.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos